Posts

Showing posts from May, 2013

Selinhos

Faz um bocadinho de tempo que a Monique me indicou este selinho.

Estou colocando tudo em dia por aqui, pq assim, não estou com muita cabeça para estudar, mas blog é terapia rsrsr (ok, ok, meu lado estudioso quer deixar claro q estou com tudo em dia, alguns dias sem dormir me possibilitaram adiantar alguns trabalhos)

Vamos ao selinho :)
1) Como escolheu o nome do blog?
Eu criei o blog quando estava nos preparativos do meu casamento, então o primeiro nome que escolhi foi o Noiva e Expatriada, pois eram as duas coisas mais importantes naquele momento. O casamento passou, e então mudei o nome para Neuroses de uma Expatriada, pq sempre tem uma neurose na minha vida rsrsrs

2) Quanto tempo se dedica ao blog? Depende do meu horário com outras coisas.

3) Já teve algum problema com comentários de anônimos no blog? Qual?
Nunca! Tenho alguns comentários anônimos, mas nenhum q tenha me incomodado. Alguns emails indiscreto, mas tbm nada que me incomodou de fato.

4) Você se inspira em outro blog? …

Devagar

Primeiro de tudo, obrigada!!! Obrigada pelo carinho, pelas orações, pensamentos positivos e torcida! Duas horas após o último post, a minha avó faleceu. Ainda estamos digerindo tudo! Obrigada mesmo pelas palavras de suporte e carinho!

Aos poucos estou me reorganizando, postando nos posts de blogs queridos, e depois volto a postar aqui no meu canto!!


Neste momento, eu tenho um milhão de coisas que deveria estar fazendo. Escrever aqui não é uma delas. Tenho trocentos trabalhos para entregar, e mais alguns artigos de trabalho para revisar, mas não rola.

Já abri e fechei esta página 400 vezes... quero colocar para fora e ao mesmo tempo me irrita o precisar colocar para fora. Escrevo pq quero colocar para fora esta raiva, esta dor, esta angústia, e infelicidade de estar aqui, enquanto toda minha família está no hospital assistindo minha avó morrer...O médico fez a ligação, pediu para todos estarem lá, e eles estão, exceto eu.

Queria poder estar com meu pai. Queria poder dividir tantas das responsabilidades que ele sempre avocou nesta família, e que eu sempre tento dividir com ele. Queria estar lá, por ele. Não queria me sentir tão inútil. Qualquer palavra de conforto não conforta.

Minha avó viveu, e viveu mto bem!! Ela está seguindo o curso (teoricamente) natural da vida. Teoricamente pq um sistema de saúde deficiente está roubando-lh…

Full demais?

No momento sou full time student, with a full time work, full time wife, full time housekeeper, com uma vó com sérios problemas de saúde no Brasil e mais trocentos eventos, pq a vida acontece no verão por estas bandas! N é falta de inspiração, estou cheia dela, mas e o tempo? Este me falta, mto! Apareço conforme der. Cruzem os dedos por mim, e por favor, pensamentos positivos para a minha avó!

E estou postando pelo telephone... Ignorem qqr auto-correção estranha.

Feliz Aniversário!!

Image
Ontem, minha pequenina completou 4 aninhos! Parece que foi ontem que fomos buscá-la! Em comemoração, vou contar como que a Lua se tornou minha filha de quatro patas.

Eu sempre tive animais de estimação, isso mesmo, no plural. Não lembro nunca da minha casa ter apenas um bicho. Marido foi o oposto, nunca teve nada, nem peixe rsrsrs.

Fast forwarding para quando fomos morar juntos (pq tem mta coisa in between rsrs) eu passei a atormentá-lo que queria um cachorro (gato sempre esteve fora de questão. Marido têm alergia ultra-mega severa à gatos. Ele começa a ter crise respiratória e coceira nos olhos só de chegar perto de alguém que tenha pelos (pelo sem acento é tão estranho) de gato na roupa.

Foram dias de puro tormento na vida dele. Todos os dias eu fazia chantagem emocional rsrsrs. Como marido não decide nada sem uma extensa pesquisa, eu decidi vender meu produto de forma mais eficiente :).

Pesquisei raças que quase não soltavam pelo (sério, meu marido é alérgico a viver  rs…

Marido, eu e a religião.

Já ouvi dizer que é importante casar com alguém que compartilhe as mesmas crenças religiosas que vc; bom, eu casei com alguém que está no lado oposto do meu -- marido é ateu!

Isso traz problemas para o nosso relacionamento? Já trouxe, hoje não mais.

Eu acredito que a definição de religião é muito mais simples do que a maioria das pessoas acreditam. Mesmo assim, eu não me considero uma pessoas religiosa, mas sim uma pessoa de fé. Marido não tem religião nem fé!

Na minha opinião, só há problemas entre duas pessoas que não dividem as mesmas crenças quando se há pré-conceito, falta de conhecimento e expectativas de que a outra pessoa mude para o que vc acredita. No nosso caso, meu marido era um ateu preconceituoso.

Têm muito ateu e agnóstico que critica religioso de forma tão preconceituosa e desrespeitosa, quanto o religioso que o critica. Aí que a partir deste fenômeno é possível perceber que o problema da humanidade somos nós e não religião ou a falta dela. Nenhuma das religi…