Tuesday, April 22, 2014

10 sugestões de filmes

    A ideia do post veio lá do blog da Marcela. Cinéfila que sou, decidi aceitar a sugestão e escrever o post. O post não saiu antes do feriado acabar, mas as sugestões ainda valem, certo?

    Sempre que posso, tento ver um filme rsrs coisa de vicío mesmo. Não é por acaso que tenho exatos 205 DVDs e Blu-rays (sem contar as coletâneas de seriados e os filmes que deixei no Brasil). Sempre tenho dificuldade em responder qual meu filme favorito, simplesmente porque tenho muitos filmes favoritos. Minha minha vontade de ver certos filmes variar de acordo com o meu humor.

    Esta é uma das muitas listas que escreveria sobre filmes rsrsrs E não há nenhuma regra na ordem que escrevi. Alguns mais famosos que outros, mas quero tentar concentar em filmes que nem sempre vejo as pessoas comentarem:

1. O Castelo no Céu (1986)
Imagem retirada de http://imdb.com
   Quem me introduziu a este filme foi o marido, é a animação que marcou a infância dele. Esta é uma animação japonesa que conta a história de um menino e uma menina em busca do legendário reino flutuante de Laputa. Os dois personagens vivem grandes aventuras ao mesmo tempo em que começam a desenvolver uma amizade. História fofa feita para crianças. No entanto, filme bom, feito para criança tem sempre uma lição para ensinar não apenas para as crianças, mas também para os adultos que o assistem. 


2. A Vida é Bela (1997)
Imagem retirada de http://imdb.com
     Este filme ganhou do Central do Brasil como melhor filme estrangeiro no Oscar. Até o dia da premiação, eu não havia assistido "A Vida é Bela," e fiquei intrigada para ver o filme que levou a nossa estatueta rsrs Corri para o cinema e imediatamente o filme entrou para a minha lista de favoritos. "A Vida é Bela" conta a história de pai e filho, prisioneiros de um campo de concentração, cujo o pai se utiliza de todos os artifícios para que seu filho não perceba os horrores do dia a dia da vida de prisioneiros durante a Segunda Guerra Mundial.


3. O Menino do Pijama Listrado (2008)

Imagem retirada de: http://muvazene.blogspot.com

     Este é um filme que é necessário assistir com uma caixa enorme de lenços. "O Menino do Pijama Listrado" é baseado no livro que recebe o mesmo nome. A história gira em torno da vida do menino Bruno, criado alheio as crueldades da Segunda Guerra Mundial por uma família cujo o pai é um militar da SS. A família toda se muda para a Polônia para que o pai seja diretor de um campo de concentração. Bruno se sente sozinho e enclausurado até achar uma forma de burlar a segurança de onde mora e conhecer este curioso menino que vive do outro lado da cerca e está sempre de pijama. Ainda não li o livro, mas está na minha lista de must read.   


 4. Operação Valquíria (2008)
Imagem retirada de: http://impawards.com
    Não foi de propósito que escolhi tantos filmes que tem a Segunda Guerra Mundial como pano de fundo. De fato é um tema que sou extremamente interessada, mas na montagem desta lista foi pura coincidência. Operação Valquíria é baseado em uma história real. O filme conta todo o processo de um dos atentados à vida de Hitler. Após o atentado, se deu início a Operação Valquíria, uma operação que tinha como intuito a tomada de poder da Alemanha das mãos dos nazistas. Depois que o filme acabou, marido e eu ficamos em completo silêncio por uns 10 minutos só processando o que havíamos assistido.


 5. Conta Comigo (1986)
Imagem retirada de: http://imdb.com
     Clássico dos anos  80/90, "Conta Comigo" é uma história de amizade e de descobertas. O filme é baseado em um conto do Stephen King. Me digam, tem autor com mais adaptações para o cinema (ou TV) que este homem? rsrsrs "Conta Comigo" é um filme que conta a história de quatro pré-adolescentes em uma aventura que virou a jornada da vida deles. Sei lá quantas vezes já ví este filme e toda vez me impressiono com a riqueza desta história.


6. Pequeno Milagre (1998)
Imagem retirada de: http://imdb.com
    Sabe àqueles filmes que você aluga simplesmente porque não tem mais nada na locadora que você quer assistir, mas você quer ver um filme? Foi assim que "Pequeno Milagre" chegou lá em casa, quando a família toda ainda morava debaixo do mesmo teto rsrs O filme conta a história de Simon, um garoto que nasceu com problemas de crescimento e é renegado pelos pais. Mesmo sendo uma criança super frágil, discriminado, e detestado pelos pais por conta da sua condição, Simon acredita que Deus tem um motivo para ter feito ele do jeito que ele é. Este é um filme lindo sobre fé, amizade e amor.

  
7. Loucamente Apaixonados (2011)
Imagem retirada de: http://impawards.com
    Outro filme que nunca tinha ouvido falar até um dia de tédio que decidi assistir qualquer filme no Amazon Prime rsrsrs "Loucamente Apaixonados" é um filme que eu acho que qualquer um que já tenha vivido um relacionamente a distância vai se identificar, ainda mais para aqueles que tiveram que lidar com a imigração americana. A história do filme gira em torno de um casal que se conheceu nas últimas semanas que uma estudante britânica estava nos EUA. Os dois se apaixonam loucamente, mas viver um relacionamento não é tão simples quando o relacionamento é intercontinental.


8. Duas Vidas (2000)
Imagem retirada de: http://imdb.com
    Acho que este é um dos filmes mais fofos que já ví. Conta a história deste workaholic e infeliz consultor de imagens que um dia dá de cara com uma versão dele mesmo com 8 anos de idade. Junto com o seu pequeno eu rsrsrs ele tem a oportunidade de ver que não é muito tarde para reescrever a sua própria história. Filme fofo com uma grande lição.

  
9. Busca Implacável (2008)
Imagem retirada de: http://rottentomatoes.com
     Eu gosto de filmes de ação, principalmente quando é um filme extremamente bem feito como é o caso de "Busca Implacável." Já perdi as contas de quantas vezes revi este filme. Sem dúvida o meu favorito no quesito filme de ação. O filme conta a história de um ex-espião que tem sua filha sequestrada em Paris. Pai dedicado e treinado que é, ele viaja a até a Europa para tentar resgatar a filha que foi sequestrada por um grupo responsável por tráfico de mulheres.



10. Um Homem de Família (2000)
Imagen retirada de: http://fisher.osu.edu
     Este é um dos filmes que trabalha com a ideia do "e se?" Ele conta a história de um bem sucedido executivo que tem a oportunidade de ver como seria a vida dele se ele tivesse escolhido um outro caminho. É um filme que questiona valores, prioridades, sonhos e metas. Acho que 99% dos homens que conheço adoram este filme rsrsrs 
   
    Gostei desta coisa de indicar filmes rsrsrs E também aceito sugestões :-)

Tuesday, April 15, 2014

Como abasteço meus armários e geladeira nos EUA

    Eu não gosto de fazer compras, seja qual for. De acordo com o estereótipo, programa de paulista é ir para shopping center, eu sou torta rsrsrs Esta coisa de namorar vitrine nunca foi comigo! Compro a grande maioria do que uso online. Comprar online, com muita facilidade, foi uma das melhores coisas que a vida norte americana me trouxe rsrs No entanto, para compra em mercado, eu ainda costumo fazer pessoalmente.

    Geralmente, eu faço minhas compras em 3 mercados diferentes :) E aqui em casa não rola aquela coisa de compra mensal que minha família costumava fazer no Brasil. Eu não sigo um padrão específico para as compras.

    Eu e marido somos membros da Costco (uma rede de mercados que vende produtos de atacado). Na época que morava no Brasil, esta coisa de fazer compras em mercado de atacado era para quem tinha restaurante. Hoje sei que o mercado ampliou um pouco, com mais opcões de estabelecimentos, mas ainda não é algo tão praticado quanto aqui no EUA. Por aqui, a maioria das cidades tem um Costco e Sams Club, e a família comum americana (que geralmente é grande) faz as comprar no atacado também. No meu caso, as compras no atacado constituem principalmente de produtos de consumo da casa, que não estão relacionados com alimentação: desinfetante, água sanitária, papel higiênico, papel toalha, guardanapos, saco de lixo, lenços umedecidos com desinfetante, produtos para lavar roupa e etc. São pacotes gigantes, que me fazem economizar financeiramente e em tempo, fico meses sem comprar várias coisas! Eles têm uma grande variedade de produtos e encontro todas as marcas que gosto.

    O resto das minhas compras eu divido entre o Whole Foods (rede de mercados com um número grande de produtos orgânicos) e Hillards (mercado local). O Whole foods é meu local preferido para peixes/frutos do mar e divido todo o resto entre ele e o Hillards. Muita gente acha o Whole Foods super caro, e eu concordo. Por lá há várias coisas que eles abusam do preço, mas com o tempo você aprende o que vale comprar por lá e que sai o mesmo preço independente de onde você for.

    Como eu moro em uma cidade relativamente pequena, ir em três mercados não é nenhum fim de mundo. O mais longe é o Costco (fica uns 15 minutos de carro), mas nele é o que vou com menos frequência. Os outros dois estão à 3 minutos de casa.
 
    Vez ou outra dou uma passada também no Trader´s Joe, mas são ocasiões específicas.

    No Brasil, os produtos naturais são (costumava ser, pelo menos) o comum. Geralmente, os produtos de feira (que em grande parte são produtos locais) são mais barato; no EUA a coisa é inversa. No entanto, hoje aprendi a comprar produtos de qualidade sem me vender por etiqueta. Após ler este livro e também um semestre de aula de Nutrição, mudei alguns conceitos com relação a produtos que recebem a etiqueta de orgânico. Aprendi a optar por mercados locais, por produtos locais e apesar de a maior parte do meu budget mensal ir em comida, acho que marido e eu gastamos com muita eficiência.

Sunday, April 13, 2014

Muito orgulho

    Vez ou outra meu marido reclama que não escrevo muito sobre ele por aqui rsrsrs Então deixa eu fazer um afago :-)

    Já falei por aqui que marido é médico. No momento, ele está terminando seu primeiro ano de sub-especialização no setor de unidade de terapia intensiva pediátrica da Universidade de Michigan. Marido trabalhou pesado para chegar aqui, ele é apaixonado pelo que faz e está muito satisfeito com o caminho que ele escolheu e isto faz com que ele seja um ótimo profissional. Eu obviamente, sou parcial rsrs. Faz sentido né? Afinal, eu sou a esposa hehehe mas não eu não sou a única a elogiar ;-)

    Na última semana, marido se sentou com o diretor do departamento para ter a avaliação do fim do primeiro ano de fellowship. Esta avaliação é feita por todos os profissionais que trabalham no setor de terapia intensiva, e ao mesmo tempo tem uma avaliação dos residentes que trabalharam com ele neste primeiro ano. Entre os profissionais que trabalham na UTI, marido foi avaliado em uma escala de 0 a 100, e ele fez 96 pontos. O diretor disse que nunca ninguém havia conseguido esta pontuação no programa. Esta pontuação não avalia apenas conhecimento médico, ela avalia também interação com os pacientes, trabalho em equipe e todos os outros detalhes da vida profissional. Entre os residente não há pontuação, mas todos o elogiaram e o consideram um ótimo professor.

    Só aí eu já tenho motivo de sobra para me orgulhar do meu ogrinho, mas não para por aí. Marido faz a diferença na vida de pacientes e não só como médico, mas como humano. Ele recebe cartas, emails, até homenagem em blog ele já recebeu, de pacientes para agradecer o cuidado dele. Histórias que nem sempre tem um final feliz para o paciente e sua família , e mesmo assim, a família se dá ao trabalho de demonstrar gratidão pelo trabalho ao qual ele é tão dedicado.

    Quando estamos em um momento fragilizado, procuramos por compaixão. Quando este momento de fragilidade é por conta de um problema médico, nós procuramos por competência. Marido teve a habilidade de juntar compaixão e competência e se transformar neste excelente profissional, querido não apenas pelos colegas de trabalho, mas também pelos seus pacientes.

    Tenho muito, muito orgulho do o que meu ogrinho tem conquistado profissionalmente. Tenho um orgulho maior ainda que ele não perdeu sua compaixão e a razão de ter se tornado médico no meio do caminho -- ele cuida da pessoa e não da doença!

Wednesday, April 9, 2014

"90 Day Fiance"

    Nos últimos tempos está um pouquinho difícil de sentar e escrever um post, mas como entraram em contato comigo com post pronto rsrsrs não tenho desculpa.

    Eu não tenho nenhum interesse ecônomico e nem nenhum contato importante. Entraram em contato comigo e me pediram para publicar aqui no blog sobre o casting da nova temporada do programa americano "90 day fiance." Eu sei que kazetes passam por aqui, então se alguém por aqui tiver interesse em aparecer na TV, lá vai uma oportunidade:


Últimos dias de casting para a 2a temporada! Buscando brasileiros(as) com noivos(as) americanos(as)!

A mulher ou homem dos seus sonhos sempre existiu, só que no exterior? Se você e o seu noivo(a) estão para se casar nos Estados Unidos, queremos estar lá! O canal americano TLC está em busca de casais para a docu-serie 90 Day Fiancé (Noivo em 90 Dias) que protagoniza o dia-a-dia de casais prestes a chegar aos EUA no Visa K-1.

Qualquer idade, etnia, e sexo! Só pedimos que seja uma das primeiras vezes que a(o) noiva(o) brasileira(o) esteja chegando nos EUA, e que seja dentro dos próximos 3 meses. Se você está interessada(o) em compartilhar sua experiência única, por favor mande um email HOJE para K1showcasting@gmail.com.


(Preferivelmente em inglês, mais aceitaremos inicialmente em português também!)
 
Boa sorte!