Posts

Showing posts from 2014

Exorcismo

Estou sumida. Quantas vezes já escrevi esta mesma frase por aqui? Forçando a repetição, também volto a dizer que assunto não falta. O que falta é concentração. Evito sentar para escrever no blog e consequentemente, não comento no blog de ninguém, apesar de continuar lendo todos os posts escritos nos blogs queridos.
Quando tento me concentrar para escrever no blog, um assunto específico me vem a cabeça, mesmo quando a intenção inicial era escrever sobre outra coisa. O problema é que não havia decidido se iria escrever sobre este assunto por aqui ou não. Eis que decidi tentar um exorcismo. Curto muito meu blog e não quero deixar ele as traças assim não.
Quando estava no Brasil, na minha última visita, meu pai foi diagnosticado com câncer. No começo não queria escrever, não porque tenho medo e evito o assunto, mas principalmente queria dar tempo para o meu pai dividir esta notícia dele com quem ele achasse pertinente. Depois que ele dividiu a notícia com quem ele queria, p…

MAIS feliz

Como comentei no outro post sobre ir para o Brasil, eu estava bem mais reflexiva nesta última viagem. Como a Paula comentou no outro post, acho que tem muito do mix de problemas + hormônios de gravidez rsrs. Então preprarem-se para uma série de posts cheios de divagações e não necessariamente muito sentido.
O dia que embarquei para o Brasil, resolveu cair o mundo em forma de tempestade por aqui. A chuva de relâmpagos foi tão intensa, que por questão de segurança, um grupo que ainda não havia embarcado na aeronave, não pode embarcar. Eu e mais algumas pessoas ficamos em um corredor esperando a permissão. Neste período de espera, conheci um grupo de brasileiras, 2 mulheres e três crianças, todas bem simpáticas. O grupo havia parado em Michigan por conta de escala. Conversa vai, conversa vem, uma das mulheres me fez uma pergunta que me deixou intrigada. Ela perguntou se eu era mais feliz nos EUA. Veja bem, acho que todos já escutamos a pergunta sobre sermos felizes nesta nos…

Cinco perguntas sobre o blog

A Paula do "Ô Essa Menina," me indicou para participar desta TAG para falar um pouquinho sobre o blog. Já falei aqui que adoro estas coisas, então lá vai :-)

1) Sobre o que você mais gosta de escrever no blog?
O tema principal do blog é o que vai na minha cabeça e por ela passa tudo rsrs Então não posso dizer que há um tema específico que goste mais de escrever.

2) Qual é o lado bom e o ruim de se ter um blog?
O lado bom do blog é o quanto o mundo fica pequeno. Conheci pessoas incríveis dos cantos mais diversos do mundo e aprendi um pouquinho de outras culturas. Vivi experiências através dos olhos de blogueiras e blogueiros e acho isso super enriquecedor. Além de aprender várias coisas que nem sempre minha curiosidade me levaria a aprender.
O lado ruim é que se a vida do lado de fora fica corrida, eu quase não consigo vir aqui e com a ausência eu me sinto culpada. Normalmente não sinto o blog como obrigação, mas é só ficar um tempo afastada que me sinto muito relapsa.

3) Sua fa…

Território Nacional

No momento estou em terras brasilis. Passada rápida, como sempre.

Esta é uma viagem que eu já sabia que me traria uma enxurrada de sentimentos, não apenas por conta da gravidez, mas também por problemas que vem rolando na família já há algum tempo. Mais para frente, eu talvez elabore um pouquinho mais sobre isso.

Esta é uma viagem que também está me trazendo muitas reflexões de situações/conversas que tenho considerado extremamente curiosas e pretendo criar post futuros para falar delas.

Esta é também uma viagem, em que pela primeira vez, me sinto desconectada do local. Entendam bem, não tenho ódio do Brasil. Não sou daquelas expatriadas reclamonas rsrsrs Sou saudosista de várias coisas que tem por aqui, mas no geral, me sinto desconectada dos locais à minha volta. Não sinto a mínima vontade de ir em nenhum lugar para matar a saudade, mas quero ver todo mundo que faz parte da minha vida de uma forma e de outra. Estes morro de saudades e é uma delícia cada vez que encontro com um.

Ta…

Mão de vaca?!

Image
Eu não me considero uma pessoa mão de vaca, mas sim com prioridades bem definidas.
    Exitem coisas que compro sem dó. Aqui em casa, a maior parte das nossas finanças vai em comida, mas para outras coisas, tanto eu quanto marido somos bastante comedidos.
     Há alguns meses, depois de muito debater sobre valor, eu decidi experimentar o shampoo que é o queridinho de muita gente, o Moroccanoil.
     Para o meu cabelo, simplesmente não rolou. Achei um dos meus piores investimentos.

     Não é um shampoo que eu diria que é ruim, mas definitivamente não acho que vale o preço. Meu cabelo é de pobre hahahaha gosta mais do Aussie do que do Moroccanoil.

Decisões

Este post vai ser comprido e também não deve ser de interesse de muita gente (principalmente se você não estiver grávida). No entanto, acho que é um assunto super relevante e quero dividir aqui. Então, "senta que lá vem história."
Nossa vida é cheia de decisões. O tempo todo. E toda decisão feita, nos leva a tantas outras possibilidades e novas decisões. Com a gravidez, algumas decisões são comumente discutidas: vou amamentar nos seios? Prefiro parto cesárea ou vaginal? Outras não são tão "mainstream," mas eu acredito ser tão importantes quanto. Por isso, quero discutir uma delas por aqui.
Quem aí já ouviu falar nas células tronco presentes no cordão umbilical e na placenta? Pois é, nosso cordão umbilical e placenta são ricos nestas células que tem sido um dos principais focos da mídia e da ciência. Aqui nos EUA, 95% das pessoas que têm filhos, jogam estas células no lixo (Paiuk). Você grávida, já pensou no que fazer com o sangue do seu cordão umbili…

Metade do caminho

Image
Finalmente estamos na metade do caminho: 20 semanas (na verdade estou com 21 mas não deu para escrever antes rs)
Pandinha está indo muito bem. Não falei por aqui ainda, mas pandinha é um "pandinho". Pois é, tem um meninão se desenvolvendo na minha pança.

Os sintomas do primeiro trimestre diminuíram, mas não foram embora. O que é um saco! Aliás, não me tirem como referência, porque honestamente, não sou daquelas grávidas sem muitos sintomas, consequentemente, não curto a gravidez (a maior parte do tempo) hehehehe

Sei que o pessoal tende a dizer que a gravidez passa rápido e devemos aproveitar. Bom, eu acho que está passando devagar demais e tem muitos sintomas que me atormentam para eu aproveitar hehehe Não vejo a hora de ter meu pequeno do lado de fora.

Minha lista de reclamações é enorme, mas não vou cansar ninguém com ela não rsrsrs

Sabe uma parte que gosto um montão da gravidez? Cada vez que sinto meu pequeno mexer :-) Ele adora cutucar minha bexiga urinária heh…

Tanto pré-conceito

No dia 30.07.14, o humorista Fausto Fanti (quem aí lembra do Hermes e Renato?) foi encontrado morto. A morte foi declarada como suicídio.
No dia 11.08.14, o ator e humorista Robin Williams (aquele de milhões de filmes que provavelmente você viu pelo menos uma vez na vida) foi encontrado desfalecido e declarado como morto aproximadamente uma hora depois. A morte, até agora, é investigada como suicídio.

A lista de suicídios entre os famosos é gigante. Todos nós sabemos. Se acrescentarmos à ela todos os não famosos, eu não consigo nem imaginar o tamanho que ela chega.
Quando os casos envolvem famosos, a coisa vira rebuliço na internet. O que me deixa intrigada e assustada é a ignorância que ainda cerca os casos de envolvidos em suicídio. Na minha timeline do Facebook, alguns conhecidos fizeram comentários que os levaram diretamente a exclusão da minha página. Duvido que eles se importem, eu me importo, já que me incomoda ver tanto pré-conceito.

Emile Durkheim, sociologista…

O primeiro susto

Este blog não vai virar um blog sobre gravidez, mas quem passa por aqui já faz algum tempo, percebe que este é um blog sobre tudo que vai na minha cabeça. Minhas reflexões, minhas neuroses. Como gravidez é o tópico do momento na minha cabeça rsrsrs este vai ser um assunto recorrente por aqui.

Minha gravidez foi o mais planejada possível, por isso, antes mesmo de minha menstruação atrasar, eu fiz o exame de farmácia para ver se estava grávida. Aqui no EUA não é como no Brasil, que você pode ir em qualquer laboratório e fazer um exame de sangue. No entanto, eu trabalho em um laboratório e por isso, escondindinha, fiz um betaHCG para confirmar :-)
Eu já tinha sintomas, mas é aquele período de sintomas que podem ser facilmente confundidos com sintomas pré-menstruais. A pior parte eram as cólicas bem fortes. No começo achei que poderia ser cólica da implantação (quando o blastocisto -óvulo fecundado- se implanta na parede uterina). Depois achei que poderia ser cólica por c…

Sotaques

Oi :-)

Image
A Aline lá da adolescência, idealizava que aos 28 anos seria uma pessoa realizada profissionalmente e com 3 filhos. Quem acompanha o blog há algum tempo, deve se lembrar que casar nunca fez parte da minha fantasia, mas ter filhos sempre fez.
Aqui estou, 30 anos de idade (31 batendo à porta) casada e morando em outro país. Planos que nunca idealizei, mas que abracei quando os mesmos apareceram na minha vida.
Sobre a realização profissional, atingi e superei todas as metas e planos que criei, mas ao longo do caminho aprendi que após cada realização, veio a necessidade de novos desafios. Por isso, percebi que a estabilidade profissional, no meu caso,  é a capacidade de sempre acrescentar mais e não de atingir um lugar e estacionar ali.
Filhos acabou por se tornar uma conversa muito mais complicada, por conta da endometriose que me levou a optar por cessar minha menstruação. Apesar da certeza que marido e eu sempre tivemos sobre querer filhos, nós não sabíamos se gerar um fi…

Uma hora dá

Estou sumida. Estou em débito com todos os blogs que leio. Admito que tenho lido os posts, porque o faço do telefone. No entanto, não deixo nenhum comentário faz um bocado de tempo. Por enquanto, vou continuar em débito. Espero poder, em breve, vir aqui e dividir boas notícias. Espero, em breve, conseguir comentar no blog de todo mundo de novo. Até lá, vou continuar ausente.

    Vou aproveitar o post e dividir este vídeo que acho que 90% das pessoas já viram.  Ele está no meu rascunho faz um bocado de tempo e nunca consigo tempo para escrever um texto decente para ir com ele. Como o vídeo é fofo demais, não vou deixar ele mofando mais não rsrsrs Coloco ele aqui sem texto meu mesmo, assim os 10% que não viram vão finalmente vê-lo e os 90% vão ver de novo, pois é lindo ;-)

Gordices

Image
Eu sou uma pessoa que prefere o salgado ao doce. No entanto, tem alguns quitutes doce que sou viciada. 
   Já faz uns 2 anos, eu descobri um snack que sou simplesmente apaixonada. Gosto tanto, que honestamente, tenho que me segurar para não comprar toda vez que vou no mercado hahahaha
    O nome da minha perdição: Happy Hippo. Gente, nunca ví este troço no Brasil, descobri ele aqui na terra do Tio Sam. Se você encontrar aí em terrras tupiniquins ou em qualquer canto do mundo que você morar, comprem e experimentem, mas cuidado para não viciar.


    Do lado de fora é crocante, dentro tem creme de avelã e um creme feito de leite. Fantástico!!!!


    Comam e depois me contem se gostaram rsrsrs

10 sugestões de filmes

Image
A ideia do post veio lá do blog da Marcela. Cinéfila que sou, decidi aceitar a sugestão e escrever o post. O post não saiu antes do feriado acabar, mas as sugestões ainda valem, certo?
    Sempre que posso, tento ver um filme rsrs coisa de vicío mesmo. Não é por acaso que tenho exatos 205 DVDs e Blu-rays (sem contar as coletâneas de seriados e os filmes que deixei no Brasil). Sempre tenho dificuldade em responder qual meu filme favorito, simplesmente porque tenho muitos filmes favoritos. Minha minha vontade de ver certos filmes variar de acordo com o meu humor.

    Esta é uma das muitas listas que escreveria sobre filmes rsrsrs E não há nenhuma regra na ordem que escrevi. Alguns mais famosos que outros, mas quero tentar concentar em filmes que nem sempre vejo as pessoas comentarem:
1. O Castelo no Céu (1986)
   Quem me introduziu a este filme foi o marido, é a animação que marcou a infância dele. Esta é uma animação japonesa que conta a história de um menino e uma menina em busca…

Como abasteço meus armários e geladeira nos EUA

Eu não gosto de fazer compras, seja qual for. De acordo com o estereótipo, programa de paulista é ir para shopping center, eu sou torta rsrsrs Esta coisa de namorar vitrine nunca foi comigo! Compro a grande maioria do que uso online. Comprar online, com muita facilidade, foi uma das melhores coisas que a vida norte americana me trouxe rsrs No entanto, para compra em mercado, eu ainda costumo fazer pessoalmente.

    Geralmente, eu faço minhas compras em 3 mercados diferentes :) E aqui em casa não rola aquela coisa de compra mensal que minha família costumava fazer no Brasil. Eu não sigo um padrão específico para as compras.

    Eu e marido somos membros da Costco (uma rede de mercados que vende produtos de atacado). Na época que morava no Brasil, esta coisa de fazer compras em mercado de atacado era para quem tinha restaurante. Hoje sei que o mercado ampliou um pouco, com mais opcões de estabelecimentos, mas ainda não é algo tão praticado quanto aqui no EUA. Por aqui,…

Muito orgulho

Vez ou outra meu marido reclama que não escrevo muito sobre ele por aqui rsrsrs Então deixa eu fazer um afago :-)
    Já falei por aqui que marido é médico. No momento, ele está terminando seu primeiro ano de sub-especialização no setor de unidade de terapia intensiva pediátrica da Universidade de Michigan. Marido trabalhou pesado para chegar aqui, ele é apaixonado pelo que faz e está muito satisfeito com o caminho que ele escolheu e isto faz com que ele seja um ótimo profissional. Eu obviamente, sou parcial rsrs. Faz sentido né? Afinal, eu sou a esposa hehehe mas não eu não sou a única a elogiar ;-)

    Na última semana, marido se sentou com o diretor do departamento para ter a avaliação do fim do primeiro ano de fellowship. Esta avaliação é feita por todos os profissionais que trabalham no setor de terapia intensiva, e ao mesmo tempo tem uma avaliação dos residentes que trabalharam com ele neste primeiro ano. Entre os profissionais que trabalham na UTI, marido foi avaliado em u…

"90 Day Fiance"

Nos últimos tempos está um pouquinho difícil de sentar e escrever um post, mas como entraram em contato comigo com post pronto rsrsrs não tenho desculpa.
    Eu não tenho nenhum interesse ecônomico e nem nenhum contato importante. Entraram em contato comigo e me pediram para publicar aqui no blog sobre o casting da nova temporada do programa americano "90 day fiance." Eu sei que kazetes passam por aqui, então se alguém por aqui tiver interesse em aparecer na TV, lá vai uma oportunidade:

Últimos dias de casting para a 2a temporada! Buscando brasileiros(as) com noivos(as) americanos(as)!
A mulher ou homem dos seus sonhos sempre existiu, só que no exterior? Se você e o seu noivo(a) estão para se casar nos Estados Unidos, queremos estar lá! O canal americano TLC está em busca de casais para a docu-serie 90 Day Fiancé (Noivo em 90 Dias) que protagoniza o dia-a-dia de casais prestes a chegar aos EUA no Visa K-1.
Qualquer idade, etnia, e sexo! Só pedimos que seja uma das pr…

Na minha opinião (4)

Juro que este é o último post ;-)

    Já falei diversas vezes que não acredito em lugar perfeito neste mundo. Também aredito que o conceito de bom e ruim são bem ralativos, pois a percepção destes dois termos é fortemente influenciada pela nossa cultura, pelas nossas experiências de vida.

    Os EUA serve muito bem à vida que levo hoje. Sou grata por tudo que tenho e por estar aqui. Eu tenho uma experiência ótima por estas bandas, no entanto, gratidão e satisfação não me impedem de não gostar de certas coisas. Então, ainda inspirada na lista do estrangeiro, fiz minha lista do que não gosto na terra do Tio Sam. Novamente, é indiferente se estas coisas são melhores ou piores no Brasil, a lista é sobre os EUA. Vale ressaltar que moro por aqui há mais de 6 anos e que desde que me mudei para cá, eu morei em 2 estados diferentes; ambos estados localizados ao norte do país. Sobre as possíveis generalizações da lista, só conferir o que falei sobre o uso de generalizações nos últimos posts…

Na minha opinião (3)

Não falei que ia ser uma série de posts? E que ainda ia me inspirar no post do estrangeiro? rsrsrsrs  
   Então que decidi montar a lista do que eu não gosto no Brasil. Como expliquei antes, algumas generalizações são inveitáveis, mas acredito que há grandes excessões para tudo. No entanto, as coisas que "odeio" são coisas que aconteceram comigo e com os que me cercam com tanta frequência, que elas se tornaram o comum. Além é claro, que existem coisas que particularmente me irritam, mas tenho certeza que não irritam um montão de gente. Vale salientar também, que nasci e cresci na região metropolitana de São Paulo, por isso, minha opinião é pela perspectiva de uma paulista. Sim, eu visitei outras cidades, mas tenho a visão superficial de turista e de leitora de jornais. Outro detalhe importante é que não vou comparar com onde moro hoje. Os meus itens são itens que EU não gosto no Brasil ou no que considero parte da cultura brasileira. Não importa como estas coisas são no…

Na minha opinião (2)

Como comentei no post anterior, também no ano passado (2013) uma lista escrita por um estrangeiro virou viral entre os brasileiros. Ao contrário do vídeo, a lista não me despertou nenhuma reação em particular. Então por que diabos resolvi escrever sobre isso? Porque os comentários e retaliações, em muitos casos, me fizeram lembrar do vídeo do post passado. Houveram muitos brasileiros que aproveitaram a oportunidade para esculhambar o Brasil, mas tive a impressão que a lista e autor, desta vez, foram mais esculhambados do que o Brasil.

    A lista foi escrita por um estrangeiro que morou (mora?) no Brasil por 3 anos. Na lista, ele cita 20 motivos por ter odiado sua estadia em terras tupiniquins. Eu concordo com tudo que ele colocou? Claro que não! O autor colocou algumas informções da qual ele não tem conhecimento concreto, um bom exemplo é o item 19 da lista. Porém acho que, no geral, ele cumpriu bem o papel a que se propôs: citar coisas que ELE não gostou no Brasil. São todas a…