Friday, March 30, 2012

Pq a pequena sempre se mete em problemas

Mais uma tarde no veterinário com a Lua.

Esta minha pequena têm o dom de se meter em confusão, mas desta vez não conseguimos identificar o que aconteceu :(

Cheguei em casa do trabalho, e apesar de ela estar super ativa como de costume, percebi que ela estava tremendo e que mal conseguia abrir os olhos. Fiz uma varredura na casa, procurando se havia algo que ela podia ter comido... Não achei nada, mas achei que ela não estava normal...

Não pensei duas vezes, enfiei ela no carro e fui até o veterinário. No caminho liguei para o marido para saber os medicamentos que ele tinha tomad. Minha única conclusão é que ele talvez possa ter derrubado algum medicamento sem perceber e eu antes de sair para o trabalho não ví, mas ela viu e comeu.

Quando cheguei no veterinário expliquei os sintomas e minhas teorias. Infelizmente, nenhum dos medicamentos do marido justificavam os sintomas dela, mas definitivamente havia algo no sistema dela. As pupilas estavam contraídas e a parte branca do olho estava completamente vermelha, parecia até que tinha sangue.

Foram feitos alguns exames de sangue, mas voltou tudo normal :( A única opção foi dar carvão ativado e esperar para ver se ela melhora.
Ela não consegue abrir o olho direito :( ta parecendo Japa igual ao Pai dela
Olhinho semi-aberto em outro ângulo, e a boca toda suja de carvão
  Agora estou aqui em casa, com ela dormindo toda molenguinha.
Cochilando um pouquinho após muitas horas no veterinário
O veterinário falou para observarmos ela por 72 horas, e tbm monitorarmos o batimento cardíaco dela. A veterinária comentou que se ficar acima de 130 devemos levá-la para a emergência :( E tbm temos que dar mais duas doses de carvão ativado, uma esta noite e a outra amanhã de manhã.

Temos que fazer ela beber tudo isso de carvão :(
Amanhã tanto eu quanto marido vamos ter que trabalhar. Estou debatendo para ver o que faço com ela, pois ela não pode ficar sozinha :( Queria ter um jatinho para poder trazer minha mamis e meu papis para cá.

Eu sou super chata, não deixo nada em lugares que ela pode alcançar, pq apesar de ela ser educada, ela é uma cachorra, e todo cachorro têm a curiosidade como uma das maiores características. Não sei ao certo o que aconteceu e nem sei ao certo no que ela se meteu desta vez. Estou aqui com o coração na mão, e checando os batimentos dela que nem uma neurótica rsrsrs E vamos para as 72 horas em claro, pq eu me conheço  rsrsrs

Wednesday, March 28, 2012

Falsa sensação de segurança

Já comentei várias vezes por aqui sobre a minha cidadezinha :) Lugar super calmo, ainda com clima de interior, arborizado, e com estatística de criminalidade super baixa.

Por conta disso, na minha opinião, a maioria dos moradores ficam acomodados.  Sim Ann Arbor é uma cidade tranquila, mas acho que muitos moradores agem com um excesso de confiança de que nada vai acontecer com eles. Confiança esta que não existe na minha pessoa rsrs.

Sim, eu ando muito mais tranquila aqui do que andava em SP, mas não perdi nenhuma das minha neuroses. Sempre observo se o carro que esta atrás de mim não está me seguindo; Sempre olho a minha volta quando chego em casa, mesmo antes de abrir a garagem e descer do carro; Saio sempre com meu spray de Pimenta, que a Eli me deu de presente; Sempre tranco as portas de casa e também do carro; Não deixo nada amostra no carro etc, etc.

Marido constantemente faz piada me chamando de neurótica, para mim, são medidas mínimas de segurança.

Pois bem, recentemente aconteceu um fato para que marido acabasse com as piadinhas. A casa de um dos nosso vizinhos foi assaltada.

Sinceramente, não acredito que foi um assalto ao acaso.

Eu moro em um condomínio. Não é um condomínio muito grande, e mesmo não tendo amizade com todos os meus vizinhos, eu sempre sei dizer se tem alguém estranho na área. O condomínio é em círculo, e da varanda de casa eu tenho visão de quase toda a áerea interna (onde tem o estacionamento para visitantes, e os fundos das casas). Além disso, a rua do condomínio não é o tipo de lugar que as pessoas entram por engano.

Primeiramente, há uma driveway até vc chegar no condo propriamente dito. Se a pessoa entrar na rua errada, ela pode dar a meia volta antes de chegar na parte do estacionamento, e onde ficam as casas. Por conta disso, nós não temos carros estranhos entrando e saindo do condo.

Outro motivo, nós somos cercados por parques e um campo de golfe. Então não dá para a pesosa errar a entrada de uma rua, pq não tem outras ruas que a pessoa possa estar procurando. Por ser um condomínio, vc não vê ninguém que não more por lá andando pelo lugar. Se vc tiver alguém que fique muito tempo parado dentro do condomínio, com certeza vai levantar suspeitas. Expliquei estes fatos para vcs entenderem o pq da minha teoria hihihi

O assalto ocorreu na casa de um vizinho que estava com a porta da garagem quebrada. O automático não funcionva, então ele precisava levantar a porta manualmente. No entanto, quem olhasse a porta, ao não ser que visse ele levantando ou baixando a bendita, não diria nunca que a porta estava quebrada. Eu mesma que moro 3 casas após a dele não sabia que a porta estava quebrada.

O horário do assalto foi alguma coisa entre 7 da manhã e 3 da tarde, que é o horário que ninguém está na casa. Os bandidos não fizeram a limpa, apenas levaram computadores, dinheiro e jóias.

Vcs sacaram pq acho que não foi ao acaso?? Não tem como o bandido saber que a porta estava quebrada só olhando, e não consigo acreditar que ele saiu tentando abrir porta por porta até uma dar certo. Se ele fizesse isso, chamaria a atenção de alguém facilmente.

Qual bandido entra em um condomínio pequeno em plena luz do dia, para assaltar?? Na minha opinião, alguém que sabe o ritmo do lugar... E para saber o ritmo deste lugar especificamente, não é tão simples assim, pelos motivos que coloquei ali em cima.

Posso escrever milhões de teorias aqui, mas enfim, são apenas opiniões, pq não sou policial hehehe E na minha opinião, mesmo sendo um assalto possivelmente "encomendado", o vizinho vacilou legal. Aparentemente a porta dele estava quebrada fazia meses, e além da porta da garagem quebrada, ele não trancava a porta interna que liga a garagem a casa. Agora (deixa eu limpar o veneno do canto da boca  hihihi) se as coisas aocnteceram como ele nos contou, fala se isso não é dar sopa demais para o azar?? Eu bem prefiro ter minhas neuroses ;)

Tuesday, March 27, 2012

Questão de conceito?

Eu cresci em SP, cidade grande para danar. Mesmo tendo crescido com os mesmo amiguinhos, e ter passado várias horas na rua brincando (outros tempos), SP sempre será considerada uma cidade grande.

Quando já estava na faculdade, eu trabalhava em um hospital que ficava a 1 hora de casa, se fosse de metrô. Se pensava em ir de carro, com certeza pegaria trânsito parado, e o trajeto que deveria ser de 30 min, facilmente virava 2 horas. Para ir para a faculdade de noite, a mesma história. A faculdade ficava a uns 15 min (de carro) de casa, e eu levava em torno de 1 hora para chegar até lá. Novamente, por conta do trânsito parado.

Sair de fim de semana em SP é loucura, todas as vias estão paradas, todos os bares bons lotados, restaurantes também. Mas este é o ritmo de SP, e quem vive lá, geralmente, está acostumado.

Marido nasceu em Tóquio (cidade grande), mas se mudou para EUA quando tinha 8 anos de idade. Ao chegar no EUA ele foi morar em uma ilha em Michigan. Minha gente, Michigan é onde Judas perdeu as botas, e aí ele foi morar onde esconderam os cardaços de Judas hehehe.

Ele cresceu nesta pequena ilha chamada Grosle Ile, onde existe apenas uma escola (um Middle School e um High School) hahahaha Cidade onde praticamente todas as famílias se conhecem. Todas as crianças frequentavam as mesmas escolas, então fatidicamente todos acabavam virando "amiguinhos".

Pois bem, estas duas pessoas com backgrounds bem diferente se casaram, e se mudaram Ann Arbor. (Marido já havia morado aqui na época que ele estava na faculdade de Neurobiologia)

Minha primeira impressão: "Caracas, estou morando no interior" hahahaha

Toda vez que levo a Lua para um passeio, as pessoas me dão bom dia. Quando alguém te fala que algo fica longe, se não é em uma cidade diferente, pode ter certeza que o seu trajeto levará 20 min, no máximo. Trânsito parado na hora do rush significa que 10-15min (quando muito) serão acrescentados no seu tempo normal. Eu trabalho a 7 min de casa, marido também! As pessoas, geralmente, são cordiais no trânsito.

De acordo com o mapa da criminalidade, o último homicídio na cidade ocorreu em 2008 (um único caso). O crime mais comum por aqui é o furto. Rolas uns problemas também com relação a assédio, o que está diretamente ligado ao fato de Ann Arbor ser uma college town.

Bom, todos estes fatores me faz chamar Ann Arbor de cidade do interior, o que marido acha inadimissível. Eu concordo que a população de Ann Arbor é politizada e tem uma mente mais "aberta". Concordo que contamos com boas opções de restaurantes com as cozinhas mais diversas. Ann Arbor conta com um dos melhores hospitais e Universidade do país, mas ainda sim aqui é cidade do interior.

Entendo que marido cresceu em uma ilha, e que Ann Arbor pode parecer uma cidade "grande" para ele. Mas minha gente, quando vc recebe um email da polícia avisando que algumas pessoas alegam ter visto uma Pantera, isso mesmo uma Pantera, rondando a parte norte da cidade, alguns conceitos precisam ser questionados.

A polícia não encontrou nada que confirme a presença do animal, mas eles pediram para todos daquela área ficarem extra cuidadosos. Bom, acho que marido não pode mais ficar em denial de que moramos na rocinha rsrsrs

Monday, March 26, 2012

Selinho da Rebeca May

A fofíssima da Rebeca, me deu este selinho!!! Rebeca, mto obrigada, linda!

Achei super interessante! Me fez lembrar um pouquinho da época de escola, que rolava aqueles cadernos de enquete hihihi

Então, vamos nos conhecer melhor?!


1. Por algum motivo que não sei explicar, eu não gosto de chocolate. O gosto não me agrada. Já tentei chocolate dos mais diversos, e a coisa não rola! Até o tão famoso chocolate Suíco, eu não gosto!

2. Dormir sempre foi uma dificuldade na minha vida, quer dizer, minha mãe diz que eu dormia que nem um anjo quando era bb. Mas desde os meus 11 anos meu ciclo de sono mudou. Durmo 3-4 horas por noite, e ainda assim acordo se rolar qqr barulho, dentro ou fora de casa.

3. Sou extremamente detalhista, o que me torna uma pessoa chata e faz com que eu me estresse com coisas que não deveria estressar.

4. Sempre penso no pior, nas mais diversas situações. Por conta disso, marido diz que sou trágica hehehe


5. Detesto pessoas que querem deixar mensagem entrelinhas. Se há algo que queira me falar, seja direto e objetivo.

6. Sou viciada em séries de tv, desde criança eu acompanho várias.

7. Sabe a relação que a maioria das meninas tem com a mãe? Eu tenho com o meu pai, inclusive foi ele quem foi comigo na minha primeira visita ao ginecologista.

8. Tenho um sobrinho que é tudo na minha vida, e só de escutar ele dizer "Tia Aline", eu choro.


9. Adoro meias! Tenho uma coleção. Estou sempre de meia dentro de casa, e não consigo dormir se não estiver com meias nos pés.

10. Sinto muitas saudades de trabalhar com pesquisa.

11. Não gosto de pré-conceitos, mas primeira impressão conta muito para mim.

Perguntas:   
1- Qual o lugar no Brasil que vc tem vontade de conhecer?
Lençóis Maranhenses.
 
2- Lugar no mundo que admira?
Não conheço muitos lugares, então por hora, não tenho nenhum que realmente admire.

3- Nome do animal favorito?
Minha pequenina Lua.


4- O que tira você do sério?
Ignorância. 

5- Se você pudesse mudar o mundo, o que faria?
Faria com que as pessoas exercitassem a capacidade de escutar mais e falar menos.

6- Nome da sobremesa favorita?
Cheesecake do Cheesecake Factory.

7- Filme inesquecível?
Pequeno Milagre.

8- Qual a estação do ano que vc mais gosta?
Outono.

9- Qual o artesanato que mais gosta de fazer?
Não sei fazer nada hehehe.

10- O que vc mais odeia?
Falta de respeito. 
11-Livro de cabeceira? 
No momento estou lendo o Dilema dos Ominívoros.
12- Sua música favorita no momento?
Cosmic Love - Florence + The Machine.


13- Qual a sua série de TV favorita?
Assisto muitas, não consigo escolher apenas uma :) 

14- Um provérbio: 
Não sou muito de provérbios
 
15- Qual a maior aventura de sua vida (até agora)?
Trabalhar no EUA, minha vida mudou completamente desde então.

16- Um momento marcante:
O dia do meu casamento

Ofereço o selo a todas aquelas que quiserem participar da brincadeira!!! Após a pergunta final, vc deve acrescentar uma pergunta, no meu caso foi a pergunta 16 :)

Thursday, March 22, 2012

Passou se um ano

Há um pouco mais de um ano fomos obrigados a dizer adeus. Não houve um aviso prévio, não houve uma última conversa com palavras profundas, apenas planos que precisaram ser superados.

Há pouco mais de um ano, sem a mínima pretensão de viajar, em apenas dois dias precisamos lidar com a burocracia de um visto apra o Japão e em pacotar nossas malas.

Uma semana a mais e vc estaria aqui, entre nós, e quem sabe o que poderia ter acontecido. A dor e a saudade são constantes. Ainda me lmebro do primeiro dia que fui te conhecer, ainda me lembro da sua risada, e cada vez que vejo seu filho chorando de saudades sinto uma dor no peito que não consigo traduzir em palavras. Não consigo nem imaginar a dor que ele carrega no peito. Sou limitada, não há nada que posso fazer que na verdade amenize qqr dos sentimentos dele, tento ser forte, pq se a minha saudade é grande, a dele deve ser infinita.

Foram tantos planos que ficaram no se... Me lembro de cada palavra sua a respeito do casamento, me lembro da sua empolgação com sua primeira visita ao Brasil. A passagem já estava comprada, as férias já estavam marcadas... Os planos todos tiveram que ser mudados... Infelizmente, vc não pode estar fisicamente conosco, mas estava em nosso corações, estava em nossa mente, estava em cada minuto que celebramos este dia tão especial sem vc.

Hoje em dia conversamos sobre os seus netos, aqueles que por enquanto estão apenas no futuro, e é impossível não pensar no grande avô que vc teria sido. Todas as vezes seu filho fala desta certeza com lágrimas nos olhos!!!

Enfim, um ano se passou, e estamos vivendo, seu filho está vivendo, e vc está sempre, sempre em nossos corações e orações!!!

Uma das minhas fotos preferidas do grande dia, momento em que marido e sogra tocam o broche com a foto do sogro

Wednesday, March 21, 2012

O véu da noiva

Eu sempre pensei em casar com um véu!! Apesar de eu não ser a melhor representação da feminilidade e do romantismo rsrs, sempre achei que o véu dá o tom mágico na vestimenta da noiva. Na minha opinião, é uma peça chave do look noiva!!

Após a compra do meu vestido, comecei a pesquisar sobre o véu que gostaria. Ao contrário do vestido simples, eu queria um véu com detalhes, que contrastasse com o vestido (acho que véu cheio de "coisa" e vestido cheio de "coisa", meio que gritam entre em si, mas isso é uma opinião pessoal)

Queria um véu do tipo mantilha, mas que ao invés de colocar sobre a cabeça, eu queria que fosse possível prendê-lo coordenando com meu penteado semi-preso.

Bom, procurei muito, mas muito mesmo, on line hehehe Comprei o meu véu com um pouco de medo de que seria realmetne igual ao da foto, e não me arrependo nem um minuto de ter feito a compra on line.

O véu era diferente de tudo que havia visto na loja de vestidos de noiva, e achei que ficou simplesmente lindo com o meu vestido!!! Até agora estou apaixonada pelo meu véu :)

Monday, March 19, 2012

Jogando contra o próprio time

Tem muita coisa que não entendo nesta vida, e uma delas é quando aparece na clínica um casal que não está "remando na mesma direção".

Eu acredito que a decisão de ter um filho deve ser feita de comum acordo. Ambas as partes precisam desejar ir "para o mesmo lado", e principlamente se o casal esta enfrentando problemas para conceber, a idéia de procurar ajuda deve também ser do casal.

Infelizmente, tanto aqui quanto no Brasil, ainda vemos muitos casais em que a mulher força o marido a ir até uma clínica com ela, e o marido passa a fazer todos os teste com uma má vontade danada; ou então, ela vai na clínica sem o marido, e depois manda ele na clínica fazer a análise seminal sem nem falar que este é o exame que ele precisa fazer. Neste caso, quem tem que lidar com estresse do cara somos nos da clínica.

E ainda há os casos mais incríveis, onde o casal acha que temos que abrir excessões nas regras de coleta só para atender as vontades deles.

Funciona assim, a análise seminal segue um padrão de regras estabelecidas pela OMS (Organizacao Mundial de Saúde) para se ter certeza que a amostra que estamos analisando é de fato uma amostra "pura", e que qualquer laboratório no mundo segue o mesmo padrão de qualidade.

Aqui na clínica onde trabalho, damos a opcão de o homem coletar a amostra em casa, ou até mesmo na clínica com a mulher na sala de coleta com ele, e gente, temos cada problema que vcs não acreditam!!!

Uma análise seminal é feita macroscopicamente e microscopicamente, pq como todos sabemos, os espermatozóides são bem pequeninos. Acontece que não temos apenas o espermatozóide no ejaculado, há também outras células, que podem ser consideradas normais, mas há outras que quando vemos é um indicador de que alguma coisa está errada! 

O grande problema é que alguns pacientes subestimam o nosso conhecimento. Eles coletam a amostra sem ser da forma que explicamos, e depois mentem sobre como o fizeram e esperam que tudo ocorra dentro do esperado. Cada amostra vem com um formulário preenchido pelo paciente, dando todos os detalhes da amostra, e vcs ficariam surpresos da quantidade de pacientes que mentem.

Aí que rola meu estress!! Nós não pedimos uma análise seminal com todas aquelas regras pq queremos ser malvadas, as regras existem para poder termos uma análise que de fato nos possibilite identificar um problema. Muitos, mas muitos pacientes agem como se os nossos pedidos fossem absurdos e desnecessários.

Cada vez que a coleta é feita de forma incorreta, o paciente está sabotando apenas à ele mesmo, e não a mim!!

Sim, é possível saber se algo foi adicionado a amostra (muitos homens acham que eles precisam encher o copinho). Sim, é possivel saber se foi usado algum tipo de lubrificante para a coleta.; mas há outras coisas que podem facilmente ser confundidas com algum problema. Por exemplo, se ao invés de o cara se masturbar ele obter a amostra fazendo sexo (acreditem, já tive vários casos), células da mulher vão estar presente na amostra. Isto é uma contaminação, e se não sabemos que a amostra foi contaminada, podemos ver estas células e sugerir que o homem tem algum problema. Outro exemplo é perder parte da amostra durante a coleta e não nos avisar, especialmente se for no começo da ejaculação. Neste caso,  muito provavelmente a contagem deste homem vai ser considerada baixa, e novamente, vamos sugerir para o médico que há alguma anormalidade, quando na verdade ele só perdeu parte da amostra e não quis nos falar. Acreditem, estes são apenas alguns dos problemas que podem acontecer!

Juro que neste ramo, fico impressionada da quantidade de pessoas que jogam contra si mesmo!!!

Friday, March 16, 2012

Deu a louca no tempo

Já havia comentado por aqui que o inverno estava deixando à desejar este ano, mas agora, a coisa "desandou" de vez rsrs.

Nos últimos dias, a média de temperatura está sendo de 15 Celsius (60 Fahrenheit). Muitos dias, as temperaturas chegaram a 24 Celsius (75 Fahrenheit), fala se não é para enlouquecer?!

Minha gente, eu moro em Ann Arbor-Michigan, onde o povo sempre reclama do Inverno. Geralmente, de Novembro a Abril, nós temos neve!! As temperaturas no inverno, estão sempre abaixo do zero, em uma média de -15 Celsius (2 Fahrenheit), às vezes muito menos!!

Neve este ano, quase não existiu!! Nevava um pouquinho, e geralmente no dia seguinte já derretia tudo, as vezes derretia só de "tocar" no chão!!

Sei que a primavera está batendo à porta (20 de Marco?!), mas como citei ali em cima, nós temos que lidar com frio e neve até Abril!!

Ontem a coisa chegou ao ápice!! Tivemos um tempestade típica de verão por estas bandas, inclusive com o alerta de tornado acionado (a cidade tem um sistema de alarmes que qndo temos o risco iminente de um tornado, ele soa, indicando que as pesosas devem procurar abrigo)!! O tornado não nos alcancou, ele "atacou" a cidade vizinha, Dexter. No entanto, a chuva, o granizo, os relâmpagos e trovões chegaram, e ficaram por um bom tempo!!

A Lua tem pavor de trovão, e detesta o alarme de  tornado. O medo dela é tão grande que ela trava, eu tenho que parar tudo que estou fazendo para ficar com ela, que treme sem parar!!!

Ontem foi uma tempestade bem feia, estava tudo escuro, e o céu se iluminava com os relâmpagos!! A pequena estava tão desesperada, que mesmo depois que a tempestade passou, ela não quis sair para fazer as "necessidades" dela! A noite passada ela foi dormir sem comer, e não quis dormir na cama dela sozinha!!

Desde que moro em Ann Arbor (Maio de 2009), já ouvi o alarme de tornado várias vezes, e nunca fui para o nível mais baixo da casa, mas ontem cheguei a considerar a idéia. Ficamos admirados com a proximidade do tornado!! Marido é Michigander, e disse que não se lembra de um tornado tão perto de Ann Arbor. E a primavera ainda nem chegou, o que vai ser o nosso verão?!?!
 

Wednesday, March 14, 2012

Voltando aos poucos

Nesta semana que passou, uma gripe lascada me pegou de jeito rsrsrs E olha que tomo vacina antigripe, imagina como seria se não tivesse tomado?!

Minha alergia sazonal já está a todo vapor, por conta do fim de inverno com cara de primavera. Com a alergia, o meu sistema imunológico fica todo confuso, o que facilitou a propagação do vírus no meu corpo.

Meus ouvidos começaram a doer absurdo, minhas tonsilas incharam, e para quem sofre de hipertrofia das tonsilas, qualquer tonsilite se tranforma em um drama rsrs O pior de tudo foi minha cabeça, que doeu sem parar durante 5 dias, mesmo tomando o remédio para enxaqueca!

Traballhei praticamente carregada, por sorte minha agenda anda bem leve. Com isso, consegui fazer todos os meus casos sem atrapalhar nenhum paciente. Passava o dia no laboratório contando as horas para ir para casa. Chegava em casa, tomava um bom banho e me jogava na cama, com o quarto escuro.

Refeição, apenas sopa, e uma vez por dia. Com a tonsilite, engolir a própria saliva é uma tortura. Fiquei vários dias sem conseguir ficar na frente do computador, e querendo ficar longe do mundo rsrsrs O melhor lugar era deitada na banheira, com água morna e menta, no escuro, e foi assim que passei muitas das minhas horas dos últimos dias.

Muito obrigada à todas pelos votos de melhoras!! Já estou funcional novamente :)

Monday, March 12, 2012

Em recesso

Blogueira muito, mas muito doente, sem condicoes de aparecer por aqui :( Prometo voltar assim que melhorar!!

Wednesday, March 7, 2012

O vestido da noiva (finalmente com fotos)

Já havia escrito aqui sobre o meu vestido de noiva, mas nunca coloquei fotos dele no blog, marido não podia ver de jeito nenhum :)

Apesar de ser super tranquila com relação a mostrar meu vestido para todo mundo, ainda segui a tradição de não mostrar para o marido.

Mostrei meu vestido para todas as pessoas que me perguntaram sobre o meu lindinho. Sinceramente, não acho muito sentido em fazer mistério sobre o vestido para todas as pessoas, o segredo era só para o marido por conta da tradição mesmo, mas as outras pessoas eu nunca me incomodei. Bom, já falei que sou torta, né?! rsrs Cada um tem sua forma de pensar e agir, por isso não condeno quem guarda o vestido à sete chaves, não estou insinuando nada, apenas que EU não liguei de mostrar o vestido para todos.

Voltando ao vestido... rs

Olhei muito on line para ver o que queria. Já falei que nunca sonhei com um vestido de noiva, por isso precisava me interar sobre o que exatamente era um vestido de noiva (como vivi tanto tempo sem o google? hahaha) Existe tanta coisa neste mundo de vestidos que é fácil se sentir sobrecarregada. Corte do vestido, tipo de tecido, tipo de renda, tipo de pedraria, corte do busto, blá, blá e blá... Para a minha pessoa, que não entendia nada disso, foi um grande aprendizado. Até me sinto mais feminina hahaha,

Pesquisando on line, descobri a designer Maggie Sottero, e foi paixão imediata. Achei os vestidos dela bem variados. Fui em uma loja, e quando comecei a experimentar vestidos Maggie, estava decidida que seria a estilista de escolha. Os vestidos têm um caimento maravilho, e os preços são super acessíveis!!

Bom, quando escolhi o meu vestido on line, fiquei um pouco insegura, especialmente pq quando experimentei na loja o único número disponível era 16. Foi muito difícil ter uma idéia do que seria o resultado final. Eu me joguei sem medo de errar (mentira, tive medo sim rsrs mas precisava arriscar) e foi a melhor coisa que fiz :)

A primeira prova do vestido, já no meu número, foi uma experiência incrível, e rolou um "Putz, vou me casar mesmo" e pois é, fiquei com as pernas bamba, branca e quase desmaiei hihihi

Fiquei extramamente feliz com o meu vestido, achei que me representou super bem, e acho que era o que todos esperavam me ver vestida. Até meus pais, que inicialmente não gostaram muito do vestido, quando viram o resultado final, confirmaram que o vestido era a minha cara!

Sei que para muitas a procura de vestido é uma saga, mas a minha experiência não poderia ter sido mais simples!!

Agora fotinhos tiradas no grande dia!!

Sou apaixonada pelas costas deste vestido
Frente sem muitos detalhes, apenas uma aplicação de pedras na mesma cor do vestido, na altura do quadril.
Colocando meu sapatinho querido ;)
Resultado final ao lado da minha linda Matron of Honor

Tuesday, March 6, 2012

Compras

Cada ano que passo no EUA, mais eu aprendo a substituir produtos que eram do meu cotidiano no Brasil.

Sim, ainda sinto falta do Guaraná Antártica em um preço mais camarada (pelo menos aqui onde moro, vc só compra pela internet e custa uma facadinha); sinto saudades do meu querido pão francês com ovo acebolado hahahaha (aqui vc até acha uns pães, mas não é igual ao pão francês da padaria perto de casa nem a pau rsrs); de Manga com sabor de Manga, de Maracujá, enfim, de algumas frutas com sabor de verdade, mas no geral, prefiro ir as compras no EUA do que no Brasil.

Um problema que está surgindo com o passar dos anos aqui é que cada vez que vou para o Brasil, tenho mais dificuldade de comprar coisas. Acho tudo muito, mas muito caro mesmo!!! (acho que estou ficando cada vez mais mão de vaca rsrs).

Outra dificuldade tremenda que tenho, em SP, é comprar produtos brasileiros para presente para o meus amigos estrangeiro. Vc vai ao shopping center e só encontra roupas, bolsas e tudo o mais iguais aos daqui, com preços absurdos.

Quando fui agora em Dezembro, cismei que queria comprar uma camisetinha com cores do Brasil para a filhinha da minha vizinha, que vira e mexe fico de babá e sou apaixonada. Bom, encontrei uma pólo feminina, coisa mais linda! Era verde e amarela, com babadinho nas mangas e aplicação na gola. Eu e o marido ficamos apaixonados e felizes por ter encontrado algo tão fofo. Foi então que veio a bomba, a camisetinha para uma menina de 1 ano, custava a bagatela de R$140, vcs acreditam neste absurdo??

Até na 25 de Março (para quem não conhece é uma rua em SP onde vende produtos para casamento, decoração, brinquedos e etc, em atacado e avulso, com preços, supostamente, mais acessíveis) vc não consegue encontrar nada legal para trazer. Acabei comprando várias coisas no Mercado Municipal, e não foram nem um pouco baratas, pq eles vendem especificamente para turistas. :(

Cada vez tenho lido mais e mais reportagens de Brasileiros que estão vindo ao EUA apenas para compras. No outro dia, li uma reportagem que o mercado imobiliário em Miami e NY, está sendo tomado por brasileiros. Não é a toa que o Obama está querendo facilitar a entrada de Brasileiros no EUA, pois o turista brasileiro está deixando muito, mas muito dinheiro por aqui. Esta é uma realidade triste, pq dinheiro que deveria estar girando dentro do Brasil, está indo para outros países.

Na minha opinião, fica difícil o povo querer gastar o dinheiro no Brasil. Com tudo tão caro, o dinheiro vale muito pouco. Infelizmente, acho que está cada vez mais inviável fazer compras no Brasil.

Não estou aqui para dizer que o EUA é melhor que o Brasil e toda esta competição que existe para algumas pessoas, estou apenas fazendo um comparativo de fatos, e o fato é que o meu dinheiro rende muito mais nestas bandas do que quando eu estava no Brasil.

Minha irmã está grávida :) e estou tentando combinar com ela para vir aqui fazer o enxoval do pequeno (a). Sei que deveria estimular a economia do Brasil, mas não dá para estimular a economia deixando um grande rombo no bolso da família!!!

Marido detesta fazer compras no Brasil, quer dizer, ele adora ir em supermercado hahahaha comida é com ele mesmo, mas todo o resto ele acha superfaturado! Nem fazendo a conversão do dólar, ele acha que vale a pena gastar no Brasil! Por isso, todas as vezes que viajamos, nossos gastos se resumem a gastos de comida. Eu sempre vou com a mala muito mais cheia do que volto, pq sempre levo coisas daqui para a família, e depois volto com mala dentro de mala rsrs. Tão diferente da primeira vez que vim para o EUA...