Monday, November 21, 2011

20 dias

A contagem está indo mais rápido do que o desejado rsrs Faltam 20 dias para o casamento, e 10 para eu embarcar para o Brasil ;)

Há muito o que se fazer nestes últimos dias, a correria está grande por estas bandas! O pior é que o namorido está em um mês hiper complicado, trabalhando uma média de 90 horas por semana, então sobra tudo para mim.

Estou hiper ativa nos últimos dias, quase não paro em casa, pq têm mta coisinha, e ainda estou fazendo as compras de Natal para o que quero dar para minha família no Brasil... O tempo está voando, mas o melhor de tudo... N estou surtando hahahaha

Eu não sou das pessoas mais calmas deste mundo, eu pareço muito calma para os outros, mas sempre estou em um ritmo frenético internamente! Namorido sempre comenta q eu preciso de uma super dose de relaxante hahaha estou sempre ligada no 220, mas ultimamente, mesmo com milhões de coisas que não estão saindo como gostaríamos, eu tenho mantido uma calma que tbm me surpreende rsrs

É possível que um furacão esteja se formando para atacar qndo estiver no Brasil hahaha n sei, só sei que estou zen, até meio "numb"!

Prometo tentar escrever masi detalhes deste últimos detalhes, o mais breve possível!!

Wednesday, November 16, 2011

Impressões

Não gosto de julgar, mto menos criar pré-conceitos, mas observo e mto tudo ao meu redor. Com a observação crio minhas teorias, que ás vezes consigo ter suporte baseadas em outras teorias que foram criadas por estudiosos e pessoas do gênero rs.

Outras teorias são simplesmente baseadas na minha observação e percepção do que me cerca. Sem mais lenga, lenga rsrs o que quero falar neste post é a minha impressão sobre família no EUA.
From Google Images

Sabe àquela pressão social que vivemos no Brasil para se ter filhos? Sinto que aqui, ela é muito maior.

A impressão que tenho é que vc é um alien por casar e não ter filhos! Na minha opinião, quando assumimos um comprometimento de vida com outra pessoa, seja através do casamento ou apenas da união estável, o casal já é uma familia, mas sinto que por aqui, família só começa após o primeiro filho.

Eu e a Eli, algum tempo atrás, conversamos sobre nossas impressões. A impressão que temos é que a média de filhos em uma casa americana é de 3-4 filhos. Os casais começam cedo.

Sinto por aqui, que casais que têm filhos no primeiro ano de casamento é maior que no Brasil. Eu sinto esta diferença ainda maior no trabalho. A média de idade dos casais que estava acostumada a tratar no Brasil era de 30 anos, aqui é 25 anos. Eu fico admirada com a quantidade de casais mto mais novos do que eu, que já vêm tentando ter filhos por no mínimo 8 meses.

Acredito que o sonho de se ter filhos é algo que mtos de nós temos, mas me questiono, até que ponto é simplesmente um sonho individual ou apenas uma obrigação social contida no insconsciente coletivo? Não estou querendo dizer q só queremos ter filhso pq a sociedade nos impôs este papel, mas qro dizer q sofremos uma pressão mto grande, e n sei exatamente qual a linha que determina o individual e o social. Novamente, tudo que estou escrevendo são especulações baseadas na minha percepção, e lógico não é uma regra, tenho certeza que há vários casais que pensam e agem diferente do que estou falando. Além do que, estou baseando todo este meu pensamento no meu conhecimento relativo sobre o mundo dos pais rsrs (basicamente o q vejo na clínica e meu relacionamento com os amigos), já que n fui procurar estatisticamente quais são os números, vou dar uma olhada e depois coloco um update rsrs.

Enfim, acho bastante curioso a forma que vejo as famílias por estas bandas. E para vcs, qual a impressão que vcs têm sobre o conceito da família americana?

Selinho

Ganhei um selinho da qurida da Monique.


Mto obrigada, querida!! Vc é uma fofa, como sempre!!

Saturday, November 12, 2011

Estou voltando...

Acho que agora consigo respirar de novo!

Falta menos de um mês, e o tempo passou voando!

Não estou ansiosa para o casamento, pelo menos não até agora. Estou mais ansiosa em reencontrar minha família, q n vejo desde de Março de 2010.

Não falta mta coisa para resolver, na verdade, o que preciso resolver são detalhes relacionados ao step-by-step do dia, e algumas coisas da papelaria: menu, os cartões que marcarão os lugares dos convidados e o menu para o jantar de ensaio com os padrinhos. Falta tbm os kits q montarei para as crianças da festa (meio caminho andado) e os acessórios da pista de dança (sei q mtos acham brega, mas eu acho engraçadinho rsrs).

Além do casamento, acabei ajudando vários dos convidados a planejar férias nos lugares mais diversos no Brasil. Virei agência de turismo tbm rsrs.

Para não virar uma bridezilla no fim dos preparativos, eu organizei tudo com mta antecedência. Vestido de noiva foi decidido em Dez de 2010, igreja e salão de festas em Set de 2010. Apesar da novela que foi para cada item (eu e namorido somos mto chatos, e para tudo pesquisamos váriassss opções de fornecedores) nos mantivemos no cronograma que criamos. Por agora, só estou resolvendo aquilo q não poderia mesmo ser resolvido antes, talvez  esta seja a ração de não estar "freaking out" rsrs.

Ainda assim, este mês está hiper corrido. Fim de ano é sempre uma loucura, e com a viagem para o Brasil, acabei bem atarefada.

Como tinha explicado no outro post à jato, Novembro, Dezembro e Janeiro são os meses q os hospitais estão entrevistando os canditatos para iniciar residência médica no ano seguinte. Para cada entrevista, o hospital paga um jantar para q os pretendentes possam conhecer os atuais residentes, e aqui na University of Michigan, eles tbm querem q as famílias se envolvam. A entrevista para a posição de residência é um pouco diferente do que estamos acostumados para a entrevista de trabalho. Os hospitais querem recrutar os melhores residentes, então os entrevistados são paparicados rsrs. Além de participarmos dos jantares, nos tbm oferecemos nossa casa para entrevistados se hospedarem. Uma coisa de camaradagem bem comum por estas bandas, e eu e o namorido curtirmos fazer, pq ajudamos o pessoal e acabamos conhecendo gente nova.

Esta é uma época mto gostosa, mas por cotna da viagem estava ficando meio neurótica. Sou chata, e se vou receber alguém em casa, preciso estar com tudo nos trinques rs, e ainda ter comida caseira no café da manhã rsrs Imaginem, com um aplicante se hospedando por semana, acabei ficando sem tempo para quase nada. Agora, eu e namorido combinamos q não teremos mais hóspedes até voltarmos do Brasil. Preciso ajeitar todos os detalhes da viagem, preciso comprar os presentes de natal da família, cuidar da documentação para a Lua viajar e ainda trabalhar e cuidar da casa! Namorido está em um mês terrível, então quase não conseguimos nos falar, por isso tudo fica por minha conta, e para mim deu, n qro chegar no Brasil louca rsrs.

Aos poucos, vou voltando a comentar nos blogs queridos, e prometo atualizar este canto com mais ferquencia!!

Wednesday, November 2, 2011

Correria

Estou mto corrida nos últimos dias, e por conta disso não estou tendo tempo de postar, nem de comentar nos blogs queridos!!

Namorido está doente, estou precisando ajeitar alguns documentos para embarcar para o Brasil (embarco no dia 30), e além do que é temporada de entrevistas do residentes no hospital. Nesta época temos uma alta rotatividade em casa, pq sempre nos oferecemos para hospedar entrevistados!

Prometo, em breve, voltar a postar com as novidades!!