Posts

Showing posts from June, 2018

Possível segundo filho

Image
Quando eu dividi que havia sofrido um aborto, tenho certeza que muita gente ficou surpresa e curiosa sobre eu estar grávida. Acredito que a surpresa foi ainda maior para quem soube que não foi uma gravidez acidental, pelo contrário, foi uma gravidez bem “suada;” já que estamos lidando com infertilidade secundária e esta foi uma gravidez que conseguimos com a nossa segunda tentativa de inseminação artificial. Imagino a surpresa, pois após ter meu pandinha, eu sempre fui bem aberta sobre não querer ter outro filho. Eu dizia que era 98% de chance de eu não ter outro filho. Essa nem sempre foi minha realidade.
Eu sempre quis ter mais de um filho. O plano sempre foram dois biológicos e um adotado. Antes de casar, marido e eu havíamos concordado com o tamanho da nossa família, mas aí fiquei grávida e tive um filho e tudo mudou.
A minha primeira gravidez foi extremamente programada e desejada. Tive sorte por poder me programar e a “natureza” cooperar. No entanto, a cooperação da natureza foi s…

Obrigada!

Primeiro de tudo, obrigada! Obrigada pelas mensagens aqui e no privado. Obrigada pelo carinho, pelo suporte, pelas orações e energias enviadas.
Qualquer luto é complicado de abordar. É complicado para quem está dentro e para quem está fora. O que você fala para alguém que teve uma gravidez interrompida involuntariamente? O que a pessoa que sofreu o aborto pode falar? O aborto espontâneo, para mim, foi uma enxurrada de inadequação. Minha, simplesmente por não saber responder a cada sinto muito. Por não saber como me portar e nunca ter certeza que não fui grossa com ninguém que simplesmente queria me confortar.  É um momento de muita sensibilidade física (dor, sangramento, hormônios) e emocional e cada um processa este momento de uma forma diferente, apesar de todas as similaridades e as pessoas que estão a nossa volta também tem seu jeito único de processar e situação fica desconfortável para todos.
O luto de um aborto espontâneo no primeiro trimestre, na minha percepção, é ainda mais c…