Monday, March 19, 2012

Jogando contra o próprio time

Tem muita coisa que não entendo nesta vida, e uma delas é quando aparece na clínica um casal que não está "remando na mesma direção".

Eu acredito que a decisão de ter um filho deve ser feita de comum acordo. Ambas as partes precisam desejar ir "para o mesmo lado", e principlamente se o casal esta enfrentando problemas para conceber, a idéia de procurar ajuda deve também ser do casal.

Infelizmente, tanto aqui quanto no Brasil, ainda vemos muitos casais em que a mulher força o marido a ir até uma clínica com ela, e o marido passa a fazer todos os teste com uma má vontade danada; ou então, ela vai na clínica sem o marido, e depois manda ele na clínica fazer a análise seminal sem nem falar que este é o exame que ele precisa fazer. Neste caso, quem tem que lidar com estresse do cara somos nos da clínica.

E ainda há os casos mais incríveis, onde o casal acha que temos que abrir excessões nas regras de coleta só para atender as vontades deles.

Funciona assim, a análise seminal segue um padrão de regras estabelecidas pela OMS (Organizacao Mundial de Saúde) para se ter certeza que a amostra que estamos analisando é de fato uma amostra "pura", e que qualquer laboratório no mundo segue o mesmo padrão de qualidade.

Aqui na clínica onde trabalho, damos a opcão de o homem coletar a amostra em casa, ou até mesmo na clínica com a mulher na sala de coleta com ele, e gente, temos cada problema que vcs não acreditam!!!

Uma análise seminal é feita macroscopicamente e microscopicamente, pq como todos sabemos, os espermatozóides são bem pequeninos. Acontece que não temos apenas o espermatozóide no ejaculado, há também outras células, que podem ser consideradas normais, mas há outras que quando vemos é um indicador de que alguma coisa está errada! 

O grande problema é que alguns pacientes subestimam o nosso conhecimento. Eles coletam a amostra sem ser da forma que explicamos, e depois mentem sobre como o fizeram e esperam que tudo ocorra dentro do esperado. Cada amostra vem com um formulário preenchido pelo paciente, dando todos os detalhes da amostra, e vcs ficariam surpresos da quantidade de pacientes que mentem.

Aí que rola meu estress!! Nós não pedimos uma análise seminal com todas aquelas regras pq queremos ser malvadas, as regras existem para poder termos uma análise que de fato nos possibilite identificar um problema. Muitos, mas muitos pacientes agem como se os nossos pedidos fossem absurdos e desnecessários.

Cada vez que a coleta é feita de forma incorreta, o paciente está sabotando apenas à ele mesmo, e não a mim!!

Sim, é possível saber se algo foi adicionado a amostra (muitos homens acham que eles precisam encher o copinho). Sim, é possivel saber se foi usado algum tipo de lubrificante para a coleta.; mas há outras coisas que podem facilmente ser confundidas com algum problema. Por exemplo, se ao invés de o cara se masturbar ele obter a amostra fazendo sexo (acreditem, já tive vários casos), células da mulher vão estar presente na amostra. Isto é uma contaminação, e se não sabemos que a amostra foi contaminada, podemos ver estas células e sugerir que o homem tem algum problema. Outro exemplo é perder parte da amostra durante a coleta e não nos avisar, especialmente se for no começo da ejaculação. Neste caso,  muito provavelmente a contagem deste homem vai ser considerada baixa, e novamente, vamos sugerir para o médico que há alguma anormalidade, quando na verdade ele só perdeu parte da amostra e não quis nos falar. Acreditem, estes são apenas alguns dos problemas que podem acontecer!

Juro que neste ramo, fico impressionada da quantidade de pessoas que jogam contra si mesmo!!!

20 comments:

  1. Cara.. tem gente que simplesmente NAO entende, ne? COMOASSIM o cara não segue as regras? Tipo, o cara manda cuspe? Leite condensado? hahahaha

    Eu sou taaao sem paciência com gente assim... Ainda bem que no meu caso não tenho que fazer nada disso... o máximo eh gritar com o cara dos computadores para liberar meu acesso a algum software... hahaha

    Nao da pra contaminar eléctrons!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Ixi Luana, só para vc ter uma idéia, já peguei amostra com cheiro insuportável de hidratante de morango hahaha Mtas amostras com urina tbm... Vc vê cada coisa que desacredita... Eu não sou uma das pessoas mais pacientes deste mundo, me irrito com pouca coisa, mas por algum motivo divino, tenho paciência de Jó com os pacientes rsrsrs Bjusss

      Delete
  2. Putz, sei bem como e. Quando eu comecei a trabalhar na farmacia, um tecnico me chocou quando me disse para eu nao acreditar em nenhum paciente porque eles mentem. Achei arrogante da parte dele, mas a pratica me mostrou que nao da para confiar mesmo na grande maioria. Obviamente que ha excecoes, mas as mentiras usadas pela maioria esmagadora dos pacientes acabam moldando o nosso comportamento para evitar que a gente perca tempo & faca papel de idiota. Em alguns meses eu tambem nao acreditava em nenhum paciente e checava todas as informacoes pessoalmente (muito mais trabalho e extremamente frustrante!). Que tipo de mentira eles usavam na farmacia? Meu plano de saude cobre sim esse remedio pq eu ja usei antes e vc e que nao nao sabe o que ta dizendo (meia hora depois no telefone com o plano e nao, o paciente nunca usou pq o plano nunca cobriu), meu remedio acabou antes do que deveria porque voces me deram comprimidos a menos (narcoticos sao contados DUAS vezes e com esse paciente em especial, era contado DUAS vezes por DUAS pessoas diferentes), como assim meu refill nao ta pronto se eu liguei para pedir ha 30 minutos (checando o computador da para ver que o pedido foi feito ha 5 minutos), e a lista de mentiras que complicam a nossa vida so se alonga.... =(

    ReplyDelete
    Replies
    1. Barbarella, impressionante né?! Tem paciente que mente compulsivamente!!! Que estress que deve ser na farmácia, tendo que ligar o tempo todo para confirmar as histórias contadas... Dá-lhe paciência!! Bjuss

      Delete
  3. Q chato, Aline!!! NUNCA pensei q algo assim acontecesse! Sempre achei q o povo q estivesse tentando engravidar fizesse tudo direitinho (até pq ouvi falar q esses testes são todos muito caros). É verdade?
    Tem paciência com esse povo, respira fundo, conta até dez, mulher!

    hehe

    Bjo!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Rebeca, infelizmente acontece, e muito!!! Realmente os procedimentos são bem caros, e não são todos seguro saúde que cobrem os gastos. Mesmo assim, tem paciente que tenta "dar uma de esperto", e na verdade só esta prejudicando a si mesmo!! O pior que eu sou bem paciente, o problema mesmo está em eu não entender a postura... Bjusss

      Delete
  4. Uau, nunca pensei que desse tantos problemas recolher essas amostras, mesmo porque quem ta disposto a pagar e pedir esse tipo de ajuda se sub entende que ta disposto a cooperar. Eu imagino como deva ser dificil lidar com pessoas, ainda mais em situacao tao delicada quanto essa.
    Beijinhos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Monique, pior que é, todo mundo que trabalha no lab tem umas histórias malucas para contar rsrs Este tmb é o meu raciocínio, se a pessoa está procurando por ajuda, ela tbm precisa se ajudar. Infelizmente, a teoria nem sempre se aplica a prática... Bjuss

      Delete
  5. coisas que eu nunca iria imaginar...

    ReplyDelete
    Replies
    1. Ola Ana Maria, bem vinda ao blog!! Pois é, este meu mundinho tem cada história maluca que a gente desacredita! Bjuss

      Delete
  6. WOW!! Quantos detalhes que para nós parecem sem impotância mas que podem fazer toda diferença! Seu trabalho deve ser o máximo, que interessante, amei!!! Concordo plenamente com vc, sobre o casal estar na mesma página. Os dois precisam querer q mesma coisa no mesmo tempo! Haha, dei risada sobre as mentiras do povo...e o mais legal, vocês conseguem descobrir tudim, hahaha......
    Beijo!!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Tacia, isso mesmo, nesta área de laboratório, os mínimos detalhes fazem muita diferença. O profissional pode parecer chato, mas na verdade ele está apenas se preocupando com o paciente. Então, tem hora que dou risada sozinha, pq penso o q deve passar na cabeça dos pacientes qndo planejam a mentira rsrs Bjuss

      Delete
  7. Liii você acabou com o meu "sonho americano"!
    Como assim ai nos 'USA' os homens fazem as mesmas bobagens que aqui no nosso lindo país de terceiro mundo?
    Não consigo me conforma que não há mais esperanças, rs Eu realmente achei que em algum lugar os pacientes iam prestar a atenção no que dizemos e fazer tudo direitinho! Se bem que muitas vezes tenho problemas com Enfermeiros(devidamente graduados) e técnicos que coletam as amostras de forma tão absurda que me pergunto "Onde ele arrumou um diploma?" E não acreditam que o material tem que ser ESTÉRIL pra fazer uma cultura, e que amostras mal coletadas hemolisam!

    Super compartilho do seu desabafo!!!
    bjinhos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Ixi Idinha, paciente pode falar línguas diferentes, mas muitas outras coisas ultrapassam a barreira das diferencas culturais rsrsrs Ter problemas com os profissionais é ainda mais frustrantes, pq estes sim precisam ser sempre eficientes e profissionais!!! Dói ouvir que ainda tem gente que faz as coisas sem o mínimo comprometimento. Boa sorte aí, amiga :) Bjusss

      Delete
  8. Engraçado, mas eu sempre imaginei que muita coisa poderia acontecer antes, durante e depois de um exame assim, mas era apenas imaginação. Eu sempre imaginei que um exame desses fosse bastante sensível em relação à forma de coleta, as condições da coleta e resultado. Muito interessante seu post!
    O ser humano é estranho demais! Chega ao nível de precisar procurar ajuda profissional, muitas vezes paga caro por isso, e mesmo assim acaba se sabotando, se achando muito esperto. Perda de tempo pra eles, e perda de tempo pra vcs! Deve ser muito frustrante perceber que a própria pessoa não está cooperando.

    Beijos!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Line, realmente, o processo todo é hiper sensível, e ate mesmo leves mudanças de temperatura alteram o resultado. Isso mesmo o que vc falou, a pessoa está procurando ajuda e ainda assim, acaba sabotando a si mesmo se julgando o espertão!! Uma pena! Bjuss

      Delete
  9. Aline do céu!
    Que situação!!!
    Assino em baixo com o que você disse que a decisão de um filho deve ser do casal e não de um dos parceiros. Já vi casamentos terminarem porque a mulher colocou na cabeça que queria ser mãe e esqueceu que tinha um marido, o homem que ela amava e começou a ver o parceiro apenas como reprodutor. Uma pena.
    Agora que situação mais engraçada esta "mistura de amostras". Imagino que vocês devem ver cada coisa! HOmem é muito bitolado com certas coisas, principalmente com a "masculinidade" em jogo, "precisa encher o copinho!".

    ReplyDelete
    Replies
    1. Paulistana, é super verdade o que vc comentou. No Brasil, já vi vários artigos que criam estatísticas de casais que acabaram se separando após iniciar um tratamento de fertilidade. Triste, mas uma realidade super presente! Pois é, já tive pacientes que saíram extremamente frustrados pq a amostra parecia pouca. É o ego falando mais alto!! Bjuss

      Delete
  10. olá... encontrei seu blog meio no susto, procurando brasileiras casadas, morando nos EUA. Meu namorado é americano e ele está querendo casar, então muito em breve meu destino será a terra do tio Sam. Confesso que virei a noite um dia desses lendo o seu blog e achei o máximo. Já coloquei na lista dos meus favoritos. Enfim, vc ganhou uma leitora.

    ReplyDelete
  11. Olá Érica, bem vinda ao blog!!! Muito obrigada, e se vc tiver qqr dúvida, só me perguntar!!! Bjusss

    ReplyDelete