Friday, June 7, 2013

Um mês para celebrar

Os acontecimentos recentes tornaram o mês um pouco difícil. Alguns dias são muito melhores do que outros, mas a vida é asim né?! E ela não pára para quem ficou para trás!

Apesar dos pesares, neste mês há muito o que celebrar por aqui. Faltam 3 semanas para a residência médica do marido acabar, e pq a University of Michigan adora uma social rsrs o mês está lotado de eventos.

Eu sei que quase nunca falo da vida profissional dele, e não é pq ele se incomode com isso, é só que prefiro ficar nas minhas neuroses rsrsrs Mas ele merece um post especial :)


Marido percorreu um longo caminho, um caminho que começou muito antes de eu entrar na vida dele. O primeiro step foram os 4 anos do bacharelado em Psico-Neurosciência - n sei um curso equivalente no Brasil. O second step foram os 4 anos na faculdade de medicina. (o sistema americano é diferente do Brasileiro, este link explica um pouco sobre como as coisas funcionam aqui).

Em seguida, veio a escolha de fazer a residência médica no programa med-peds. Isto significa que o treinamento dele foi em Internal Medicine (medicina adulta) e Pediatrics (pediatria). É uma residência mais longa, com mais horas de plantão que os outros programas, mas que é o ideal para a carreira que eles escolheu seguir -- Intensivista Pediátrico (no EUA, em alguns casos, pacientes muito além dos 20 anos vão para pediatria). Em Julho comeca o next step, que é o Fellowship na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica da Universidade de Michigan.
Passamos por muitas coisas nos quatro anos de residência. Eu fiquei desempregada, meu sogro faleceu, teve planejamento de casamento, casamento, meu pai com cardiac arrest na noite anterior ao casamento, eu internada com hemorragia, e na reta final, a morte da minha avó... A vida veio de enxurrada, e marido foi minha rocha. Isso com um trabalho de mais de 80hs dentro do hospital, mais incontáveis horas de trabalho e de estudos em casa.

Eu tenho um orgulho danado do meu marido!! Lógico que minha opinião é parcial rsrs Mas não sou só eu que digo que marido é um médico competente! Os colegas e diretores sempre comentam :) Marido também recebe cartas de agradecimento de pacientes, pedidos para que ele vire o PCP (é o médico de consultas ambulatoriais) e os pacientes ficam tristes quando ele explica que no próximo ano ele não vai mais trabalhar em ambulatório. Alem de competente, ele é passionate pelo que faz e passionate pelos pacientes.

A decisão do marido de se tornar médico veio desde muito cedo. Quando ele se mudou para o USA, ele não falava uma única palavra em inglês. Marido tinha 8 anos de idade. Ele era o único asiático em uma pequena ilha aqui em Michigan -- Grosse Ile. Os professores e os alunos foram extremamente receptivos já no primeiro dia de aula. Coleguinhas ficavam horas extra na escola para ajudá-lo com o inglês. Ele foi aceito na comunidade sem preconceitos e com muita paciência. Ele cresceu com este imenso sentimento de gratidão, e na adolescência decidiu que uma boa forma de retribuir o que um dia fizeram por ele, era se tornar médico para ajudar a comunidade. E assim ele o fez. Não é uma história fofa?! Eu acho rsrsrs

Marido merece todas as celebrações deste mês!! É um capítulo que se encerra! Ele trabalhou duro para chegar onde chegou, e eu sou incrivelmente grata por ter conhecido alguém tão especial que me proporciona tanto orgulho!!

18 comments:

  1. Seu marido parece ser um grande homem. Tudo de bom para vocês os dois!! Beijos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Joana, mto obrigada!! Ele é sim :) Bjsss

      Delete
  2. A historia de vida do seu marido e muito bonita e tocante mesmo, eu fico feliz por ele e por voces como um casal, porque nos ultimos anos tenho certeza que voces foram a rocha um do outro para todo momento dificil. E que venham comemoracoes porque ele merece!
    Beijinhos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Monique, mto obrigada!! Realmente, houve momentos que era um que carregava o outro para continuarmos seguindo em frente. Mto obrogada mesmo, flor!! Bjsss

      Delete
  3. Que homenagem mais linda! Adorei! Parabéns pro maridão! Que asiático ele é? Japa? Chinês? Coreano?...

    Kisu!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Bah, mto obrigada :) Marido é Japa, nasceu e morou em Tóquio até mudar para o EUA com 8 anos de idade. Bjsss

      Delete
  4. Que linda historia.
    Vc tem toda a razao de se sentir orgulhosa dele.
    Parabens p ele e felicidades p vcs!
    Bjs

    ReplyDelete
  5. Que história mais linda, e é tão bom ser casado com pessoas que admiramos, eu tbm falo mais das minhas neuroses no meu blog, mas tbm admiro muito a inteligência do meu esposo. A carreira que seu esposo escolheu é linda, sucesso pra vcs dois..bjs

    ReplyDelete
    Replies
    1. Muito obrigada, Lia, realmente, casar com quem admiramos faz nossa vida muito mais especial!! Bjsss

      Delete
  6. Ai que post lindo Aline. Tem mesmo que se orgulhar. Ele merece! Parabens os dois. Aposto que voce tb foi a rocha dele. :)
    Um beijo enorme!!!

    ReplyDelete
  7. Linda esta declaração de amor e cumplicidade! Fiquei arrepiada, sério! Amei! :)

    Beijos!

    ReplyDelete
  8. Que post mais lindo Aline! Parabens a voces dois pelo longo caminho percorrido e que agora voces estao trilhando juntinhos! Beijos!

    ReplyDelete
  9. Que post lindo!!
    Parabens e muito sucesso ao marido!

    Beijaos
    Gisa

    ReplyDelete
  10. Esse post foi uma declaracaão de amor :)) Eu com a minha experiência de paciente te digo com toda certeza que um médico faz muitaaaa diferenca no tratamento de um paciente, não só psico mas clinicamente tbm.
    Se ele é reconhecido pela competencia e carinho com que trabalha pode ter certeza que ele irá longe a vai brilhar muito, aliás os dois juntos :)
    Bjo e otimo final de semana

    ReplyDelete