Monday, August 26, 2013

Para tirar a poeira

Estou viva!! rsrs Nunca fiquei tanto tempo sem escrever no blog, nem na época da correria do casamento :(

O ritmo por aqui melhorou bem, mas verdade seja dita, não foi exatamente a correria que me fez sumir por aqui.

Depois da morte da minha avó, minha família entrou em uma grey zone, e o meu pai na verdadeira dark zone. Por aqui, ainda é período de adaptação, e acima de tudo, de tentar ajudar meu pai com o luto.

Já comentei aqui e volto a repetir, não acredito em canonização pós morte. Não, minha avó não era a melhor avó do mundo. Ela era super durona, odiava cozinhar, e eu nunca escutei um eu te amo dela. Mas era a minha avó, e eu passei a minha infância e adolescência almoçando com ela quase todos os Domingos. Almoços feitos pela minha mãe, na casa da minha avó rsrs que rendiam horas de "imersão" no passado. Eram horas de conversas sobre as histórias de vida dela, da minha família.

Quem me conhece sabe que eu amo história, ainda mais quando a história pessoal da minha família se misturava intimamente com a história que aprendia na escola. Esta troca sempre foi a maior conexão que tive com a minha avó -- ela adorava contar histórias e eu adorava ouví-las. E agora que ela se foi, parece que uma parte gigante do passado da minha família se apagou.

Perder minha avó, foi e está sendo difícil de superar. Talvez, se o motivo da morte dela não fosse por negligência médica, seria mais fácil deglutir o que aconteceu. Mas não sei se seria mesmo, são muitos se...

O processo criminal contra o hospital, e os médicos que a tratou estão encaminhados. Tudo é lento, e gostaria de acreditar que neste meio tempo ninguém mais morrerá pela incompetência deles, mas sei que isto é apenas uma ilusão.
Não é que estou em casa, sentada e depressiva, a vida continua a acontecer. O problema é que não consigo sentar e concentrar para escrever no blog. Aos poucos, espero escrever com mais frequência. Tenho posts que rascunhei, mas que nunca me senti inspirada o suficiente para terminar.

Facebook é o que consigo atualizar com mais frequência. Consigo fazer updates pelo telefone, e eu me divirto horrores com as merdas que a galera publica... Cada louco com sua loucura rsrsrsrs

Bom, tudo isso para dizer que estou voltando rsrsrs não sei exatamente em quais condições, mas estou voltando ;)

15 comments:

  1. Aline! Que bom que você está de volta!!! Realmente, quando a gente não está bem, fica difícil sentar para escrever no blog :-(. Com o tempo a dor da perda da sua avó vai se transformar em uma grande saudade... e você continuará com as boas lembranças que guardou dela. Bem vinda de volta!! Bjsss

    ReplyDelete
  2. Espero que seu pai e sua família se recuperem logo dessa parte (bem, sei que se recuperar 100% desse tipo de dor nunca é possível, mas espero que o período de luto passe com o tempo, de forma saudável). Torço também para que esse tipo de erro médico não se repita e que vocês encontrem paz com o processo criminal, que nunca é algo fácil (principalmente no Brasil, né?)
    Beijinhos e uma boa semana pra vc!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Helen, mto obrigada! Realmente, nos estamos esperando um processo bem longo, mas definitivamente tem ajudado meu pai com a sensacao de impotencia!! Bjsss

      Delete
  3. Oi Aline.
    Sinto muito em saber que a sua família está passando por este momento difícil, ainda mais por conta de erro médico. :-(.
    Estarei orando por você e pela sua família.

    ReplyDelete
  4. Primeiro fico feliz que voce esta voltando =) Perder alguem da familia nao e facil, o processo de "digestao' da perda e um pouco diferente pra cada um e nao e facil quando se e alguem importante e tao chegado pra gente. Espero e torco muito que seu pai consiga sair da dark zone e que sua familia aos poucos consiga ir superando essa perda.
    Beijinhos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Monique, florzinha, mto obrigada!! Bjss

      Delete
  5. Linda,
    melhoras para vc e sua familia.
    Nao fique se pressionando, volte a escrever quando se sentir com vontade e inspirada.
    =)
    bjinho

    ReplyDelete
  6. Que bom que voltou! O luto demora mesmo a passar, ainda mais quando se tinha um relacionamento intenso com o ente. Minha vó que faleceu quando eu tinha uns 14 anos, não era tão próxima a mim, mas muitas das coisas que pude viver enquanto ela estava viva, eu aprendi, gostei e levo isso comigo pra sempre.

    Kisu!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Bah, mto obrigada!! Lembranca e' o que fica mesmo, e tenho bastante da minha avo :) Bjsss

      Delete
  7. Ufa ! Aos pouquinhos as coisas vão se organizando né, nem sempre é fácil mas é inevitável. Tenho certeza que tudo vai dar certo a paciência é algo que precisamos regar diariamente senao o desespero toma conta, mas DEUS é mais!
    Que bom que voltou !!! Acho que esta muita gente voltando kkkkkk inclusive eu . Aos poquinhos as inspirações vao voltando, quando a gente menos espera surge um assunto e agnt ja pensa em compartilhar no blog ^^. Acho que vou mudar o meu de nome afinal aconteceu tanta coisa que até o blog acaba tendo que mudar também. Aiai.. isso nos exige tempo né, tempo tempo tempo... vamos ter que criar um mas ta bom .
    Escreva maissss !!!!
    Bju JU

    ReplyDelete
    Replies
    1. Ju, mto obrigada!! Que vc consiga o tempo e continue escrevendo ;) Bjsss

      Delete
  8. Oi Aline!

    Bem vinda de volta :)

    Como a Mel disse aí em cima, não se pressione... deixe as coisas acontecerem naturalmente... Eu sei que lidar com a morte, principalmente por negligência médica é muitas vezes revoltante... mas procure a paz no seu interior para recomeçar...
    Eu estarei por aqui se precisar... de verdade

    ReplyDelete