Tuesday, November 25, 2014

Exorcismo

Estou sumida. Quantas vezes já escrevi esta mesma frase por aqui? Forçando a repetição, também volto a dizer que assunto não falta. O que falta é concentração. Evito sentar para escrever no blog e consequentemente, não comento no blog de ninguém, apesar de continuar lendo todos os posts escritos nos blogs queridos.

Quando tento me concentrar para escrever no blog, um assunto específico me vem a cabeça, mesmo quando a intenção inicial era escrever sobre outra coisa. O problema é que não havia decidido se iria escrever sobre este assunto por aqui ou não. Eis que decidi tentar um exorcismo. Curto muito meu blog e não quero deixar ele as traças assim não.

Quando estava no Brasil, na minha última visita, meu pai foi diagnosticado com câncer. No começo não queria escrever, não porque tenho medo e evito o assunto, mas principalmente queria dar tempo para o meu pai dividir esta notícia dele com quem ele achasse pertinente. Depois que ele dividiu a notícia com quem ele queria, passei a me questionar se eu tinha o direito de tornar algo dele "público." Como não conseguia me decidir, passei a ficar apática com relação ao blog.

Não evitamos falar sobre o câncer, mas ele também não virou o principal foco da família. Há tantas outras coisas que temos que lidar diariamente, como a batalha de mais de dois anos que meu pai vem travando com depressão, transtorno de ansiedade generalizada e outros probleminhas, uma guerra que eu considero muito mais difícil do que o câncer.

Comecei vários posts sobre esta notícia e no fim deletava, mas ultimamente, não conseguir sentar para escrever sobre qualquer outra coisa estava me incomodando muito. 
 
Um dia de cada vez, este é o lema para tudo que estamos vivendo e é o que adoto aqui no blog também. Pronto, falei sobre o meu fantasma atual, agora a ideia é continuar caminhando por aqui como estou caminhando do lado de fora!

9 comments:

  1. Puxa Aline, sinto muito pelo seu pai, que está com cancer. Espero que melhore logo. E depressão e ansiedade são coisas muito complicados, pois causamos a nós mesmos, então a cura tem que partir de dentro. Vou mandar energias psitivas para vocês.

    ReplyDelete
  2. Aline, a vida as vezes nos prega cada peça, não é?
    Eu Tenho vivido algo diferente e ao mesmo tempo bem parecido com o meu pai e optei por não escrever no blog por se tratar de algo muito delicado, mas se você optou por compartilhar desse problema eu sinceramente creio que vai te fazer muito bem. Essas coisas sufocam e as vezes encontramos conforto em dividir ou simplesmente escrever.
    Vou orar por você e por sua família e espero de todo coração que o seu pai possa se curar e ter uma vida feliz e normal.
    Um beijo

    ReplyDelete
  3. Muita força para seu pai, para você e para sua família! Mesmo vocês tentando não fazer do câncer o "foco principal" da família, é muito difícil não pensar no assunto, eu sei disso porque já passei pelo mesmo que você está passando agora.

    um abraço!

    ReplyDelete
  4. O importante é se sentir bem... as vezes pra isso precisamos falar, as vezes calar. O que vale é saber se entender, e fazer o que for melhor. Se sentindo bem, a gente arruma força pra encarar tudo que a vida põe na nossa frente.

    ReplyDelete
  5. Oi Aline, como eh dificil ver nossos pais envelhecendo e ficando doentes, neh??? O engracado eh que parecia um futuro distante e agora esta aqui na nossa frente. Faz a gente se sentir tao pequeno. Forca e fe!!! Vou ficar orando pelo seu pai.
    Meus pais tambem estao com varios problemas serios de saude. Eh bem complicado pra nos que nao estamos perto deles.

    ReplyDelete
  6. Aline, eu sinto pelo seu pai... e entendo as suas reservas por não ter escrito por aqui antes. Cada um tem o seu tempo para absorver as coisas e temos que respeitar isso.
    Parece clicê, mas quando a gente consegue dividir um problema, ele vai parecendo ou ficando menor. Desejo muita força a você e a sua família. Um abração!

    ReplyDelete
  7. Se Deus quiser ele vai vencer essa batalha, Aline.
    Um abraço bem forte pra voce. Fica bem!!!

    Beijao

    ReplyDelete
  8. Um dia de cada vez deveria ser o lema de todos nós, independente da situação que estamos vivendo. Desejo que seu pai se recupere o mais rápido possível, fique bem. Bj

    ReplyDelete
  9. A vida as vezes fica dificil e traz noticias nao tao boas. Mas hoje em dia com tratamento e possivel vencer essa batalha. Eu desejo a voce, seu pai e sua familia muita forca pra vencer essa fase.
    Beijinhos

    ReplyDelete