Tuesday, September 29, 2015

Meus filhos

Uma das minhas preocupações quando estava grávida era de como a vida da Lua mudaria com a chegada do meu pequeno. Medo de como seria para ela e de como seria para nós.

Lua é minha filha de 4 patas. Minha pititica que amo absurdamente. Por 5 anos, ela foi nossa única filha e o centro do nosso universo. Lua é mimada. Educada, mas mimada rsrs

Tinha medo também porque ví diversos amigos deixarem seus pequenos de 4 patas mais de lado quando o filho bípede chegou. Tinha medo de ficar mais brava que o normal com os latidos dela. Tinha medo de amar menos. (Gente, hormônio de grávida é coisa de louco hahahahaha) Tinha medo de como seria a relação dos dois.
 
Pandinha nasceu. Quem leu o post do nascimento viu que minha bolsa estourou antes do programado e tudo estava de ponta cabeça. Enfim, fomos para o hospital de madrugada e liguei para uma amiga querida para ir pegar minha pequenina. Nós ficamos no hospital 36 horas. Eu saí do hospital e fui direto para a casa da minha amiga pegar a Lua. A Lua poderia ter ficado alguns dias com minha amiga? Poderia! Confio muito nesta amiga e a Lua a adora. Ela inclusive ofereceu para ficar com a pequena, mas para n[os era importante ela começar este novo capítulo com a gente. Entramos em casa os 4 juntos.

Chegamos em casa e foi uma grande adaptação para todos envolvidos rsrs Lua não faz nada dentro de casa. Nada mesmo. Não importa se chove, se neva, se está -40C lá fora (o que estava, já que pandinha nasceu no inverno) ela precisa ser levada para passear 3 vezes ao dia. E assim foi, pandinha recém-nascido, e se fosse a hora dela sair e ele estava acordado, eu colocava o pequenino no macacão de neve e saíamos para levar a pequena para passear.

Foto do arquivo pessoal

Sim, teve um pouco de ciúmes, afinal, nossa atenção era 100% da Lua e quando Pandinha chegou, principalmente nos primeiros dias, nossa atenção estava muito mais voltada ao pequenino. Sim, existem horas que fico brava com os latidos da Lua, mas sempre digo para mim mesma que esta é a única forma para ela se comunicar e conto até 10 rsrsrs Mas no geral, não mudou!
Um exemplo, viajamos para San Diego e Lua foi com a gente visitar a vovó. Me diz, como deixar para trás minha pequena que tanto ama a praia?
Arquivo Pessoal

Fora o fato que se ela não estivesse com a gente, não teria a foto mais perfeita dos meus amores juntos!
Arquivo Pessoal
Desde o primeiro dia, Lua virou guarda-costas do Pandinha. No começo, ela não deixava ninguém desconhecido (dela) chegar perto dele. Ela ficava sempre a espreita quando alguém o pegava no colo. Sempre que ele chorava, ela corria até o berço.

Pandinha adora sua cachorra. A Lua nem sempre tem saco para lidar com um bebê hahaha mas ela se esforça. E meu coração se enche de felicidade cada vez que vejo a interação deles. Me diz se o coração de vocês também não se derrete com cenas assim?
Arquivo Pessoal

Arquivo Pessoal

9 comments:

  1. Que fofura de post e adorei ter conhecido seu pandinha. Fofos os dois.
    xx

    ReplyDelete
  2. Imagino a preocupação de nao deixar a Lua se sentindo de lado, mas eu sempre li que depois de umas semanas eles se ajustam a nova rotina. E realmente nao tem como nao derreter o coracao olhando essas duas fofuras interagindo.
    Beijinhos

    ReplyDelete
  3. "A Lua nem sempre tem saco para lidar com um bebê hahaha mas ela se esforça.". hahahahahaha que engraçado!!
    Ah, que lindo!! Derrete sim corações. Parabéns pelo pequeno Aline! Coisinha mais fofa!!! Que eles permaneçam bons amigos. Beijos!

    ReplyDelete
  4. Que amoooooir, gente!

    Aline, eu já tinha visto o trailer e meu coração ficou igualzinho ao seu. Tõ contando os dias pra estréia.

    ReplyDelete
  5. Aline estas fotos são as coisas mais fofas do mundo! Que bom que a Lua se adaptou ao pandinha e vice-versa. Eu morria de ver a bebe que eu cuidava interagindo com a cachorrinha da casa, mas ela era uma chata (a totó).

    ReplyDelete
  6. nossa, eu respondi ao seu comentário sobre Arquivo x aqui, mas acho que não foi salvo.

    Eu já tinha visto o trailer e meu coração ainda não voltou ao ritmo normal! hahahaha

    vc já viu os novos teasers?

    ReplyDelete
  7. Gente que coisa mais gostosa de ler, eu fiquei imaginando estas interações entre eles dois. Sabe, temos um cachorrão que pula em todo mundo, mas sempre que meu sobrinho (super pequenininho) chega perto dele para passar a mão, ele para e não faz nada, deixa meu sobrinho até galopar nele hahahahaha é muito legal.

    ReplyDelete
  8. Obrigada pela msg.. eu estou ainda em estado de choque, serio mesmo... =(

    ReplyDelete