Wednesday, March 30, 2011

Causos na terra do Tio Sam...

Muito obrigada à todos pela calorosa recepção neste mundo novo, para mim!!

Vou sempre tentar colocar por aqui coisas que eu vivi nos USA e que eu acho muito peculiar, e minha experiência com o médico indicado pela USCIS (Serviço de Imigração) foi uma delas.

Eu estou no processo de AOS (Adjustment of Status), para aqueles que nao sabem este é o processo necessário para a mudança do visto. No meu caso, eu vim para cá a trabalho, e agora estou mudando meu visto para o de "Permanent Resident". Todos que já passaram pelo processo sabe a "pain" que é lidar com imigração, mas a gente respira fundo e encara.

Um dos passos no processo de AOS é a visita ao "Civil Surgeon", que realizará diversos exames para te dar um atestado de saúde, incluindo suas vacinas e atestado mental. O primeiro stress veio no momento da procura do bendito médico, não tem nenhum onde moro, o mais próximo ficava a meia hora de carro e era um D.O. (D.O não é exatamente um médico, mas ele pode desenvolver várias funções que os médicos desenvolvem, complicado né? Um outro addendum aqui é, sabe a rixa entre profissionais que existe no Brasil? Arquitetos * Engenheiros; Biomédicos * Médicos, e assim vai... ela tbm existe aqui, os M.D. e os D.O.) O pq de toda esta explicação?! O meu namorido é M.D., então sabia que ele ia me encher o saco e o do D.O. na clínica.
Li e reli as instruções da Imigração para ter certeza que tudo o necessário seria realizado, e munida de formulários e suas explicações nos dirigimos a bendita clínica. Ao chegar na clínica começou a tensão: local estranho, staff mal educado, e assim vai... Namorido já me olhando com a cara de "viu o dá marcar consulta com D.O.?"
Para qm já foi em médico por estes lados, sabe que nas clínicas privadas, na maioria das vezes vc lida apenas com a enfermeira com o médico aparecendo apenas no final. E nossa enfermeira estressada apareceu. Expliquei para ela que não havia levado minha carteira de vacinação (continua guardadinha com meus pais rs), mas que não precisava de nenhuma vacina, e que segundo a imigração nós poderíamos apenas fazer uma coleta de sg para comprovar de que minhas vacinas estavam em dia.  A enfermeira ficou perdidinha, aí namorido "médico ativar" explicou quais eram os testes sanguineos para cada vacina solicitada pela imigração. Entreguei para ela o formulário da imigração com a primeira parte preenchida, para salvar tempo e não me estressar mais (é sempre um saco falar meu nome para o povo escrever, é longo e bem brasileiro rs) Após esperar mtooo tempo, a enfermeira confirmou q não éramos louco e coletou meu sg, verificou peso, altura e preencheu um novo formulário da Imigração (hein?! o meu ela jogou no lixo, disse que preferiria ela mesmo preencher tudo, oi?! então tá) Finalmente ela pediu para esperarmos pelo médico. A coisa só foi ficando mais estranha,. Chega na sala o D.O. hiper mega ultra estranho, olho horrorizada para o namorido com o pensamento de correr dali, mas ficamos. O D.O. olha tudo que a enfermeira preencheu, checa minha pressão novamente e faz algumas questões sobre histórico familiar e então a bizarrice aumenta:
D.O.: Então, vcs estão aqui para o AOS?
Eu: Sim.
D.O.: De onde vc é?
Eu: Brazil (e ele vira para o namorido)
D.O.: E vc?
Namorido: Japão, mas moro nos USA desde criança.
D.O.: E como vcs se conheceram?
(contei um resumo da nossa história)
D.O.: Nossa, vc fala inglês direito hein!?
Eu.: oi:! o q:!, mas o q saiu foi: É...
D.O.: Eu preciso falar, o filho de vcs vai ser lindo, que mistura linda que é Brasil e Japão... bla bla bla bla
Nesta altura eu e namorido já estávamos quase correndo pela porta, juro, isso foi só uma parte da conversa maluca e invasiva do médico, e não, a entrevista da imigração não é ele quem faz, por isso ele estava pura e simplesmente sendo invasivo. Ficou uma vida falando das crianças lindas que ele havia conhecido... Loucura total.
Após 3 horas na bendita clínica, saimos de lá felizes de que nunca mais colocaríamos nossos pés naquele canto novamente. Ahhh vida cheia de surpresas... Para nossa infelicidade, no mês passado recebemos uma carta da Imigração nos avisando que o formulário enviado pelo médico não era válido pois era antigo. A "prestativa" enfermeira quando decidiu não utilizar o formulário que eu levei, atrasou meu processo pq o deles era muito velho.

E viva aos malucos da América do Norte!!

2 comments:

  1. Que D.O. idiota! Eu odeio quando chegam e falam com cara de surpresa que meu ingles é muito bom, como se estivessem esperando o contrário. O que na verdade não passa de condescendência, né? Mas a enfermeira ter jogado fora o form que você levou foi muito ridículo. Olha, paciência, viu, porque com a imigração tudo é um saco, demorado e a incompetência deles é uma coisa alarmante, mas que a gente não tem como evitar. Espero que seu processo corra rapidinho e sem muitos problemas. Beijo

    ReplyDelete
  2. Ahh que linda! Adorei que vc tem um blog agora!! =) Vai ficar mais fácil de saber que q ta rolando com vc ai tão longe miga! Ahh sugiro um post especial chamado, Gatinhos solteiros e americanos que levarei ao meu casamento!! hahahaha e to falando sério! kkkkkkkkkkkkkkkkk
    Saudades miga, mas to feliz que tá tdo bem com vc ai! Já sabe, precisou é só falar que estamos aqui =) Beijossssssssssssssssssssssssss

    ReplyDelete