Sunday, September 25, 2011

Saudades

Saudade é um troço complicado! Qndo digo para alguém aqui que eu estou "missing" minha família, a palavra não chega perto de expressar o que estou sentindo.

SAUDADE- recordação suave e melancólica de pessoa ausente, local ou coisa distante que se deseja voltar a ver ou possuir.

MISSING- 1.Perdido; 2.Faltante; 3.Ausente.


From Google Images - Meu personagem de desenhos preferido!
Na minha opinião, o missing é mto prático para representar corretametne o sentido da saudade! Procurando on line eu até encontrei que em 2004 a palavra Saudade foi considerada a sétima palavra de mais difícil tradução, de acordo com tradutores britânicos.

Eu procuro ir para casa uma vez por ano (em casa entenda-se Brasil, pq para mim tenho duas casas, aqui e dos meus pais no Brasil). No entanto, no ano passado não pude ir pois o trabalho atolou com meu replacement que saiu de licensa maternidade. Os planos mudaram, e mudei meu ticket para Março deste ano. Infelizmente, o pai do namorido faleceu no começo do ano e usei meus dias de férias para ir para o Japão.

Por conta dos imprevistos, não vejo minha família desde Março de 2010, sei que não é nenhum absurdo e que há pessoas que ficam mto mais tempo sem poder ver a família, mas para mim está sendo uma tortura.

O skype ajuda, mas com o casamento se aproximando e todas as outras coisas que todos nós vivemos diariamente, essa saudade doída têm me incomodado bastante.

Sinto saudades de abraçar minha família, de apertar meu sobrinho lindo rsrs Essa pecinha de 5 anos me faz chorar constantemente, pq o conceito de distância é algo que ás vezes se perde na cabecinha dele, e ele pergunta se pode passar o fim de semana na minha casa! Coração dói e saudade aperta qndo escuto a vozinha chamando "Tiaaaaaa"!! Vim para os EUA no ano seguinte que ele nasceu, então perdi muitas coisas, mas toda vez que vou para casa vivemos tão intensamente nossa relação Tia-Sobrinho que não sou uma estranha, somos hiper apegados um ao outro.

Por conta de todo sentimento envolvido, é invitável achar que o missing é mto frio para expressar minha saudade. A saudade do meu gordinho, pais, irmãs... Essa saudade sem trégua e impiedosa que não me larga  por um minuto sequer!

9 comments:

  1. Faço das suas palavras as minhas. Oh saudade que eu estou. Nos sempre fazemos post de saudades na mesma hora rs. Eu lembro que dá outraz vez eu também iria postar mas tu acabou postando no mesmo dia hehe, loucura esta saudade. Beijos

    ReplyDelete
  2. Engraçado que essa foi uma das primeiras coisas que me identifiquei com você quando nos conhecemos, essa ligação forte com a família. Como você, também tenho um sobrinho de 5 anos ao qual sou super apegada e quando mudei para cá ele tinha só 2 anos de idade, mas a gente continua firme e forte no apego e chamego. Sabe, isso não se perde mais porque você, ele e o resto da família fazem questão de manter essa relação viva. E concordo que a tecnologia embora ajude não é suficiente para matar nossa saudade. Quando cheguei aqui fiquei 1 ano e meio sem ir ao Brasil. Que tortura! Conheço bem esse sentimento. Muita gente não entende porque elas ficam 5 anos. Mas as pessoas são diferentes e pra mim não importa que eu tenha mais de 30 anos, seja casada, com um filho agora, meu apego a minha família nunca vai mudar nem diminuir por causa disso. É uma coisa que dói no peito, né? Ohhh, como te entendo! Seu casamento está chegando, dezembro está logo aí e você vai poder vê-los de pertinho e num momento super importante da sua vida. Um beijo, querida, e hang in there!

    ReplyDelete
  3. Amiga,eu ainda nao estou nos USA,mais aqui ja esta um clina um tanto quanto tenso :(
    Minha irmã é super apegada com meu filho,aluga filmes e vem a noite assistir com ele,compra guloseimas,e é abraco daqui beijo dali,ela esta desolada,muito triste e todo dia chora...espero que Jeová de forcas para todos,pois tenho certeza que mais do que sentir minha falta sentirão desse meu meninão que é extremamente ativo em uma casa que só ele é o centro das atenções,peco muito a Deus que conforte nossos corações,pois não sera nada fácil :(
    beijinhos!

    ReplyDelete
  4. Saudade é realmente algo que não tem tradução... aqui quando eu estou sofrendo de saudade (aconteceu esta semana), eu digo que estou homesick, mas não chega nem aos pés da definição da saudade.
    Sempre disse que saudade foi algo que trouxe na mala quando vim pra cá e algo que se eu não aprendesse a lidar, ficaria maluca.
    São dias difíceis, mas eles passam e veja que você não teve oportunidade de vê-los ainda, mas o final do ano está aí e você logo estará no Brasil celebrando um dos dias mais importantes da sua vida ao lado daqueles que você tanto ama!
    Força que dezembro já está aí!

    ReplyDelete
  5. Olha... Você não sabe como admiro pessoas como você que tentam ao máximo lidar com a saudade pra poder correr atrás do sonho, viu?
    Eu passo menos de uma semana sem ver minha mãe [e minha avó, e tios, e priminhos] e quase tenho um treco! xD

    Força aí e desabafa com a gente no blog! Daqui a pouco você vai dar um pulinho em casa! ;)

    Beijos!

    ReplyDelete
  6. Aline, saudade é tão ruim não é mesmo? As pessoas são diferentes, tem relacionamentos familiares diferentes, o que pra você é muito pra outros pode ser menos ou mais ainda, enfim cada um é de um jeito e isso é o tipo de coisa que não dá pra comparar. Mas pensa que daqui praticamente 2 meses já é dezembro, já vai ser seu casamento e você vai poder juntar todas as pessoas que ama e que fazem parte da sua vida num único lugar. E aproveite muito, abrace muito, ria muito, converse muito, enfim aproveite todo o tempo por aqui, afinal saudade existe pra ser matada de vez em quando também.
    Beijinhos

    ReplyDelete
  7. Aline, é verdade. Saudade de Missing são muito diferente. Engraçado como saudade dói, dói lá no fundo mesmo, é impressionante não é doença mas parece que machuca mesmo. Eu nunca tinha sentido saudade até minha irmã se mudar, eu nunca tinha chorado de saudade e quando ela se mudou, eu chorava sempre, e agora o choro continou, eu também tenho dias que nao me aguento de saudade, quero chorar mesmo. Espero que a gente consiga suportar a saudade sem ficar muito deprê né? Acho que isso nunca vai passar...
    beijinhos!

    ReplyDelete
  8. Essa saudade sempre me lasca,principalmente no Natal, Ano Novo e no meu aniversário, que são todos próximos uns dos outros. Não vejo a hr de passar o Natal e o Ano Novo no BR.

    Entendo demais essa saudade.Qdo se trata de calor humano,igual ao BR, não tem não, viu?

    ReplyDelete
  9. VAN, essa coisa de saudade não nos deixa nunca né?! É transmissão de pensamento rsrs mas posta tbm, assim vamos compartilhando essa nossa saudade rsrs Bjusss

    ELI, verdade, tbm foi algo que "clicou" assim que te conheci! Estes sobrinhos são maravilhosos! Eu amo ser tia, e qria mto acrescentar uns nesta lista, mas a coisa esta devagar na família rsrs Mto obrigada! Bjuss

    ALINE, nossa, que situação didícil a de vcs!! Pq a sua família precisa dizer tchau para dois, e deve ser uma tortura terrível para eles e para vcs!! Olha, a saudade é algo que nunca nos larga, mas tenho certeza que vcs vão superar isso, e procurar uma forma de tornar ela mais aceitável! Bjusss

    PAULISTANA, é isso mesmo, não têm palavra que consegue descrever a saudade rs Vc está certíssima, nós assumimos esta saudade no dia que arrumamos nossas malas! Alguns dias são mais fáceis q outros, mas acho q este tempo todo longe de casa mais o casamento esta me afetando mais do q o normal... Mto Obrigada pela força! Bjuss

    Olha CAROL, não é fácil, eu sempre fui extremamente ligada a minha família. Mesmo estando aqui, eu não fico um único dia sem falar com a minha família, eu ligo para todos e ficamos horas no skype rsrs E assim vou levando! Mto obrigada pela força! Bjuss

    MONIQUE, verdade, é tudo mto individual! Graças a Deus volta pouquinh, então logo logo estarei com toda a família! mto obrigada! Bjuss

    TACIA, a palavra não descreve de forma alguma a saudade. Verdade, acho que essa saudade é para sempre, mas nós aprendemos a lidar com ela, alguns dias ela dói mais, mas no gerla, aprendemos a conviver com a bendita ;) Bjusss

    GYSLEY, para mim tbm é uma sequência, aniversário, natal e ano novo, e a primeira vez que passei longe da família foi no ano passado. Foi hiper díficil, pois até então eu havia conseguido cumprir minha promessa de estar em casa todos os anos... E este ano, infelizmente, não vou conseguir de novo... Uma meleca... Bjusss

    ReplyDelete