Monday, October 1, 2012

Escolhas

Pq meus posts sempre saem de conversas recentes rsrsrs Deixa eu falar de mais de um dos meus bate papos, o tema era: Príncipe Encantado.


From Google Images

Muitas das minha amigas que estão casando, me contam histórias terríveis de relacionamentos passados. Contam o quanto se relacionaram com tralhas até encontrarem o Príncipe Encantado com quem vão se casar..

Sempre que escuto isto penso o quanto eu sou "torta" rsrsrs Pq assim, eu namorei o Príncipe Encantado por 9 anos, e acabei me casando com um mundano rsrsrsrs Entendam que eu amo meu marido absurdamente, que o acho perfeito para mim, e que sempre soubemos que iamos acabar casados, mas ele não tem nada de Encantado :)


From Google Images. Marido está muito mais para Shrek do que para Encantado rsrs

Já ouvi de muita gente que fui sortuda, o que me perdoem, eu discordo. Eu não acho que se relacionar com pessoas "certa" seja uma questão de sorte, mas sim de escolha. Pq geralmente o acaso (ou destino o qualquer coisa que queremos acreditar) tráz pessoas à nossas vidas, mas nós só as mantemos nela se assim o quisermos! Eu sei que nem sempre é fácil se livrar de um relacionamento abusivo e que tem muita coisa envolvida. Mas o que quero dizer é que no fim, somos nós quem controlamos nossas vidas e com quem nos relacionamos. As pessoas que nos cercam estão nos cercando pq escolhemos que elas fizessem parte de nossas vidas, somos nós que nos deixamos ser tralhadas (novamente, não estou discutindo a dificuldade e problemas que nos levam a viver estes tipos de situações, e nem estou dizendo que somos culpadas por pessoas que tem personalidades tralhas, estou falando sobre a escolha de continuarmos com estas pessoas ou não ok? Melhor deixar isto claro ; ).

Já comentei várias vezes por aqui que antes do marido, eu havia saído de um relacionamento de 9 anos. Aí um monte de gente pensa que o cara devia ser um trolha, pq namoramos nove anos e não nos casamos... Que ele me enrolou e todas estas coisas que as pessoas preferem acreditar. A real da história é que se for para dizer que alguém enrolou alguém, definitivamente eu sou a culpada.

Ele é o Príncpe Encantado. Eu não tenho nada para falar de negativo dele. Ele não era perfeito, como eu também não sou, mas ele era um p* de um namorado. Minha família o adorava, meus amigos o adoravam, eu me dava super bem com a família dele... Ele me apoiava em absolutamente tudo. Me ajudava de todas as formas que qualquer namorada podia esperar. Finaceiramente ele já estava estável!! Enfim, o cara que muita menina sonharia em casar. Os noves anos ao lado dele foram anos muito bons. Ele era um amigo que eu sabia que podia contar. Aí um dia ele chegou e disse que estava na hora de tomarmos um rumo na nossa vida, e que já era tempo de nos casarmos... Quando tive esta conversa com ele, milhões de questões começaram a surgir na minha cabeça... E aí comecei a perceber que aquela pessoa maravilhosa que estava na minha vida, era um amigo maravilhoso, não o homem com quem eu queria me casar. Percebi que nossos caminhos eram diferente. Eu sinto falta dele sim, gostaria muito que a nossa amizade tivesse continuado após o relacionamento (continuou por um tempo, mas quando ele começou a namorar ela não gostou muito da idéia). Eu amava conversar com ele, amava os conselhos dele, mas no fim, descobri que não o amava como o homem que ele merecia ser amado.

Hoje em dia ele está casado, e tenho certeza que a mulher dele deve estar muito feliz, pq ele é um ótimo companheiro . 

Por mais que sempre digam que não se deve comparar relacionamentos, esta é uma proeza que não atingi rsrsrs Não que fique comparando marido ao meu ex constantemente, mas gente, depois de 9 anos de ralcionamento com uma pessoa, é impossível não pensar em coisas que ele fazia que marido não faz, ou vice versa :) E isso sempre me leva a conclusão que meu marido não tem nada de encantado rsrs

Marido é romântico. Celebramos nosso aniversário todo mês. Ele me traz mimos em dias que não estou esperando por nada... Muitas vezes vou lavar uma roupa e encontro um livro com uma dedicatória linda dentro da máquina de lavar rsrsrs Marido me apoia... Seja destino ou qqr outra coisa, sabíamos que acabaríamos casadinhos.

No entanto, marido não dá o braço a torcer... Nunca rsrsrs Nossas conversas sempre acabam pq ficamos cansados de tentar decifrar quem tem o melhor argumento rsrsrs Podemos dizer que estimulamos infinitivamente o cérebro um do outro rsrsrs Marido não mente, nem que seja para me agradar rsrsrs Já encaracolei meus cabelos e ele se rachou de rir pq disse que eu parecia um poodle :0. Marido não é muito paciente... Ele não é pró-ativo para afazeres de casa... Enfim, ele é um mundano rsrsrs Lógico que em questões que eu considero fundamental, sei que escolhi o better fit para mim. Como comentei antes, fiz todas as minhas escolhas, e sei que não casei com o Príncipe Encantado, mas definitivamente não casei com um tralha!

E muita gente me chama de louca rsrs

15 comments:

  1. Eu morri de rir com a parte da sinceridade, aqui em casa tambem temos bastante dessa "qualidade" costumo dizer que ele e sincero ate demais...rs. Acho que felicidade e amor foge muito desses rotulos que vamos ouvindo desde crianca, como homem perfeito ou principe precisa ser assim ou assado, felicidade e isso, casamento e aquilo e etc. Nos somos diferentes entao acho que nossos conceitos e valores influenciam muito no que vai nos deixar feliz ou nao, o que e perfeito para um pode nao ser para outro. O importante e voce estar com quem ama e te faz feliz seja ele o "principe" ou o "ogro", porque todos temos qualidades e defeitos.
    Acho super fofo quando voce fala dos mimos que seu marido faz por voce, mas ai fiquei aqui pensando seria legal achar um livro ou uma surpresa na maquina de lavar ou em algum outro lugar, mas depois pensando bem, isso seria terrivel porque sou cabeca de vento e desligada e correria o risco de jogar a roupa la dentro e ligar a maquina sem sequer ver o livro..hahaha.
    Beijinhos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Monique, pois é a sincerade, ás vezes, pode ser excessiva né?! rsrsrs Concordo muito com vc!! Há se o triste hábito de se rotular tudo. Um homem precisa ser um Príncipe, uma mulher precisa ser uma lady e blá blá blá... Eu nunca vivi de rótulos, e com os meus relacionamentos não podia ser diferente!! Hahaha ri demais com a possibilidade de vc colocar um livro novinho para lavar rsrsrs Bjss

      Delete
  2. hahahah, adorei esse post Aline. Realmente acho que tem que haver aquela quimica. Acho que ninguem nunca sera perfeito, uns tem defeitos que sao qualidades em outros, e vice e versa. O que conta na pessoa que escolhemos, na minha opiniao, nao eh a perfeicao (que muitos procuram num parceiro) mas sim o que eles tem que completa a gente. Entende? Eh como seu marido, ele pode nao ser um principe encantado, mas ele te completa porque tem aquilo que voce considera importante. E o mesmo comigo. Meu marido ta longe de ser pefeito, de ser um principe encantado, e eu tb. Mas tem coisas nele que acho muito importantes e me completam, e assim vai. :)
    Adorei!!!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Também acho, Nani, é necessário ter química, almejarem as mesmas coisas e tudo mais... Eu, particularmente, não acredito no lance de se completar. Vejo vários textos falando disso, que nós já estamos completos, então não precisamos de alguém para nos completar. Eu sempre me senti assim, completa. Já tinha minha vida toda traçada para ser sozinha rsrs Mas aí encontrei alguím que adicionou, que parecia certo dividir... E acabou que a coisa engatou rsrsrs Bjss

      Delete
  3. Ai Aline! Adoro seus posts, haha! Adorei!
    Que engraçado você comentar isso. A gente sonha quando criança com o principe encantado,e as vezes a gente encontra e na verdade nao é o que realmente queremos... mas tb nao queremo o lobo mal, né? Hahaha!
    A gente tem que estar na mesma página, como vc disse. Meu marido também não é principe encantado não, e somos comos vocês, discordamos, e no nosso caso eu sou quem nao dou meu braço a torcer, mas me considero uma princesa, hahaha. Brincadeira! A gente se entende com as nossas imperfeições, né?
    Beijo, querida! =)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Tacinha, eu já ouvi muito isso, de encontrar o Príncipe Encantado. No fim, eu acho que todas nós temos os nossos conceito sobre o Príncipe Encantado que queremos né?! hahaha Marido sempre fala que teimosia é uma coisa de latinas hahaha imagina se ele bater um papo com o seu marido?! a fama só vai piorar rsrsrs Super concordo com vc, o importante é isso, nos entendermos em nossas perfeições! Bjss




      Delete
  4. É isso mesmo Aline, o encantamento está nos olhos de quem o vê! Tem gente que idealiza tanto um amor "perfeito" que acaba se frustando, porque perfeição não existe.
    Meu marido também tá longe de ser encantado, mas é assim mesmo que eu gosto dele!! Com todos os defeitinhos que me deixam louca, mas que eu já não consigo viver sem :-). Beijinhos!!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Sandra, exatamente, sinto que as pessoas idealizam demais e esquecem de viver! Ninguém é perfeito né?! E seria muita arrogância da minha parte esperrar uma perfeição de alguém, sendo que estou longe disto!! Bjss

      Delete
  5. haha Aline, ri muito lendo este post e imaginando os defeitinhos. Eu concordo com você o acaso, destino eu chamo de "caminho de Deus"surge na sua vida, mas definitivamente a decisão de manter as pessoas na sua vida é nossa. Eu conheci o meu marido quando já estava com 24 anos, e me considerava madura, e a decisão de casar com ele veio exatamente porque sei que sou capaz de conviver com os defeitos dele, e as formas diferentes de ser.

    Meu marido não é romantico, raramente me surpreende com flores ou outros mimos. Em compensaçao é super carinhoso, me faz sentir a mulher mais linda do mundo todos os dias. Ë super cuidadoso comigo tá sempre procurando coisas e maneiras de tornar a minha vida mais fácil...A gente se completa até nas brigas rsrsrs E estou vendo que a mulherada por aqui estão todas apaixonadas...kkk

    ReplyDelete
    Replies
    1. Lia, eu também, sempre escolhi quem faria ou deixaria de fazer parte da minha vida. O que importa é isso, que seu marido tenha aquilo que te faz feliz, mesmo sendo diferente de alguns padrões que as pessoas esperam. Como comentei com a Nani, eu não concordo com a idéia de completar, mas sim de adicionar. Como vc comentou, mesmo nas discussões, eu acho que eu e marido nos completamos!! Bjss

      Delete
  6. haha Aline, ri muito lendo este post e imaginando os defeitinhos. Eu concordo com você o acaso, destino eu chamo de "caminho de Deus"surge na sua vida, mas definitivamente a decisão de manter as pessoas na sua vida é nossa. Eu conheci o meu marido quando já estava com 24 anos, e me considerava madura, e a decisão de casar com ele veio exatamente porque sei que sou capaz de conviver com os defeitos dele, e as formas diferentes de ser.

    Meu marido não é romantico, raramente me surpreende com flores ou outros mimos. Em compensaçao é super carinhoso, me faz sentir a mulher mais linda do mundo todos os dias. Ë super cuidadoso comigo tá sempre procurando coisas e maneiras de tornar a minha vida mais fácil...A gente se completa até nas brigas rsrsrs E estou vendo que a mulherada por aqui estão todas apaixonadas...kkk

    ReplyDelete
  7. Oi Aline, engraçado que eu estava justamente comentando isso com uma pessoa querida outro dia... as escolhas que fazemos vão nos moldando e também como é importante encontrar alguém que se encaixe nessas escolhas e que nos faça sentir que tudo vale a pena. Maturidade, tranquilidade, equilíbrio, respeito e acima de tudo, como eu li em algum lugar ( e claro que não me lembro lol ) é importante não criar expectativas irreais ( como a do Príncipe Encantado ou Homem Perfeito ) e amar de olhos abertos, sabendo que todos sempre temos dualidade e inúmeras diferenças mas ainda assim, decidimos abraçá-las no nosso escolhido. Muito lindo teu post! Bjs!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Flor, a mais pura verdade. Todas nossas escolhas fazem de nós o que somos hoje! Super interessante o seu comentário! Bjss

      Delete
  8. Aline, gostei muito do seu post.
    Acho que às vezes as mulheres se iludem demais com a idéia de príncipe encantado e perdem excelente oportunidades de se envolver com pessoas maravilhosas que passam pelo caminho delas só porque ele não é "perfeito" como a imagem da cabeça delas.
    Sou grata a Deus por nunca ter tido esta idéia de perfeição na cabeça, na verdade eu nem queria casar, mas depois de encontrar alguns sapos nesta vida, eu estava madura o suficiente quando encontrei o meu marido pra saber que ele era a pessoa com quem eu queria passar o resto dos meus dias.
    Imagino o quanto deve ter sido difícil pra você terminar o seu relacionamento com o seu príncipe por conta de visões e caminhos diferentes que você queria percorrer, eu tive que tomar uma decisão parecida há alguns anos atrás e não me arrependi de forma alguma.
    CAda pessoa que passa na nossa vida deixa marcas que nos transformam na pessoa que somos.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Eliana, verdade, a maioria se ilude com uma idéia que foi vendida para eles há mil anos!! Realmente foi difícil terminar, até pq como comentei no post, eu gostava e gosto muito dele. Só não era o gostar de homem e mulher... Penso como vc, todo mundo que passa na nossa vida deixa coisas e leva outras. Bjss

      Delete