Wednesday, January 22, 2014

Pq quero registrar

A série Orlando ainda não acabou :) Faltam os 2 parques Universal, mas vou dar uma pausa para colocar no "papel" o que está incessantemente na cabeça.

Eu não cresci em família financeiramente "privilegiada." Eu não acredito que dinheiro caia do céu, então até as famílias "privilegiadas", na maioria dos casos, contam com alguém que ralou para caramba para proporcionar o "privilégio." Mas lá em casa não foi assim,  cresci sem qualquer privilégio. Onde estou hoje; onde minha família está hoje é fruto de muito trabalho, perseverança, saber ver e aproveitar oportunidades. Estamos muito longe de sermos ricos, mas também estamos muito longe de sermos pobres como éramos.

Minha família já passou fome. Meu pai trabalhou em dois empregos: um para pagar as contas de certas necessidades básicas; e o outro em troca de comida. Não, não era em troca de um salário para comprar comida, ele trabalhava em troca de um pacote de arroz, leite, feijão e pão.

Felizmente, sempre tivemos a nossa volta pessoas que foram verdadeiros anjos em nossas vidas (outras nem tanto,  mas vamos focar). Minha gratidão à estes anjos é infinta. Se por um acaso vocês chegarem neste texto, espero que se reconheçam e saibam que nós nunca esqueceremos tudo que vocês fizeram, e que nossa gratidão é de coração.

Querido major-piloto, sua querida esposa e seu cunhado: muito obrigada por milhões de vezes terem nos estendido a mão sem que nós pedissemos qualquer coisa. Vocês nos apoiaram, não apenas emocionalmente, mas também com muitas outras coisas, inclusive tratamento dentário para as três filhas daquele soldado que estava muito longe do seu nicho social. Obrigada também por tantas outras memórias que guardamos no coração com muito carinho.

À vc capitão-santista e sua esposa professora: obrigada por garantir que quando meus pais não podiam comprar nossos cadernos, vocês cobririam a falta; desta forma, poderíamos ir à escola. Além dos livros que nem sempre eram viáveis para a nossa renda, mas vocês com um amor e boa vontade nos providenciava. E obviamente, vocês não pararam aí e fizeram muito mais do que jamais vamos poder agradecer.

Muito obrigada, lindinho, que em seu nome carrega nossa pátria. Foram tantas as vezes que você esteve presente para nós, que uma vida não será nunca suficiente para te agradecer. 

Não esqueço de você também não, comandante-japa. Àquele que apesar da patente e da posição, sentou-se à nossa mesa para que pudéssemos agradecê-lo. Obviamente, a carne moída não ia dar para todo mundo, vc foi e comeu ovo frito com arroz com gosto. Até hoje, isto é motivo de piada quando você vai lá em casa.

Meus padrinhos-torto, o título é desalinhado mas a presença e carinho de vocês não. Quando penso em família, não é só minha família imediata que vem em mente, vocês também estão sempre lá. A presença constante e o amor de vocês são alento nos momentos ruins e motivo de mais comemoração nos momentos felizes. Obrigada, do fundo do meu coração!

Agora àqueles que diziam que eu e minhas irmãs seríamos grávidas adolescentes sem futuro; àqueles que reclamam que a vida minha família é muito fácil; àqueles que dizem que a vida foi generosa conosco e injusta com vocês; eu só tenho uma coisa a dizer: É você quem faz a sua vida.

Não fique se lamentando que a vida foi injusta. Minha família foi atrás, conquistou oportunidades. Não foi fácil, nada caiu do céu, mas as coisas melhoraram sim para nós. Se você deixou de aproveitar suas oportunidades, não temos a mínima culpa nisso. Eu acredito que nunca é tarde, então arregaça a manga e faça acontecer! Deixe a cobiça à vida alheia de lado.

Boa sorte e não esqueça que justiça não é apenas uma palavra, ela deve ser vivida e praticada!

Este poste não é para receber tapinha nas costas ou para desperatar dó. Tenho orgulho de onde venho, do que minha família é. Este post é o registro do que povoa minha mente :)

4 comments:

  1. Que historia bonita a de voces Aline, apesar das dificuldades venceram na vida, estao unidos, sabem dar valor e agradecer quem ajudou a chegar la. E que a vida e o trabalho arduo de voces traga muitos bons frutos. Felicidades sempre porque da pra ver que voces mais que merecem.
    Beijinhos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada, Monique!! Mto obrigada mesmo :) Bjsss

      Delete
  2. Aline que post mais lindo o seu! É tão maravilhoso reconhecer e poder agradecer a quem nos ajudou e principalmente saber que vocês todos fizeram por onde para estar onde estão! É bem do jeitinho que um dia li em algum lugar que não lembro onde: "Vc não vê a vida como ela é, você vê a vida como você é" Beijo grandão Aline! Eu tô dando um tempinho do blog mas fiquei muito feliz de te visitar e ler esse post tão lindão!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Flor, querida, mto obrigada!! Vi as noticias lá no seu cantinho tbm mas n consigo mais entrar :( Enfim, hiper feliz com suas notícias boas! Bjsss

      Delete