Sunday, June 19, 2011

Emoções

Hoje é dia dos pais na Terra do Tio Sam, e como já havia comentado por aqui, o pai do namorido faleceu no começo do ano por isso ele está bem cabisbaixo hj.

From Google Images

Fui trabalhar, e qndo cheguei em casa ele estava todo tristinho na cama. A grande verdade é que ele nunca valorizou mto estes dias comerciais. Ele sempre ligou para o pai nesta data mas a conversa era sempre mais centrada no quanto esta data era uma estratégia de marketing.

Este ano ele não pode fazer a ligação, os dois não puderam tecer uma tese sobre o quanto a pessoas hipervalorizam uma data que ultimamente têm o tom completamente comercial. Pois é, foi então que caiu sobre ele a importância que o dia dos pais tinha na vida dele, pq apesar de ser uam data comercial, era a data que ele sempre ligava para o pai dele, e mesmo que o assunto era o mesmo ano após anos, ele sabia que o pai dele estaria do outro lado da linha. Este ano foi diferente, ele não pode fazer a tão esperada ligação, e a tristeza invadiu o dia dele sem pedir licensa.

Eu converso com os meus pais todos os dias, e hoje estava tensa, pq pode parecer idiotice minha, mas me senti mal em poder conversar com o meu pai, enquanto ele não pode mais falar com o dele. Quando ele foi tirar um cochilo, aproveitei para ligar para os meus pais. Ficamos conversando por um tempo, e enquanto resolvíamos alguns problemas ele acordou, qria desligar mas já era tarde demais.

Todo feliz ele perguntou se meu pai estava na sala com minha mãe, qndo eu disse que sim, ele veio até o computador e pediu para falar com o meu pai, e em português ele disse: "Eu sei que hoje não é dia dos pais no Brasil, mas eu queria dizer Feliz Dia dos Pais, e obrigada por me deixar fazer parte da sua vida" (Entendam que o português não foi assim tão claro, alguns tempos verbais deixaram a desejar, mas de qqr forma foi emocionante). Minha mãe começou a chorar na hora, meu pai ficou bastante emocionado, e em um inglês tão enrolado qnto o português do namorido, ele agradeceu e falou o qnto a frase havia sido emocionante de se ouvir, e que ele se sentia honrado de poder ter este papel na vida do namorido.

Pois é, nosso dia dos Pais que começou bastante depressivo, terminou cheio de emoções e com muito amor!

11 comments:

  1. Nossa, imagina só, uma data que parecia tão comercial acabou se tornando tão emocional... sabe q me veio até lágrima no olho quando li seu post!!
    E que gracinha seu namorido falando portuguÊs!!!!! quem dera q o meu falasse assim rsrs q FOFURA!! vc q ensinou a ele ou ele estuda sozinho?
    Acho q na verdade cabe q nós escolhermos se será uma data comercial ou não, né? e acho lindo q o seu noivo ficava discutindo esses assuntos "filosóficos" com o pai, e acabou tornando a data numa coisa tão bonita e emocional. Imagino a tristeza q ele sentiu. Mas olha só que coisa boa, agora mais do q antes, ele se sente tão bem vindo na sua família! fico muito feliz por sua família ser tão cheia de amor assim! sinta-se abençoada!
    bjs e boa semana pra vcs!

    ReplyDelete
  2. Triste e lindo ao mesmo tempo, Aline. A atitude do K. mostra que mesmo sofrendo pela perda do pai, ele está "olhando pra frente" e mesmo nesse momento difícil ele consegue ser generoso com sua família e consigo mesmo, porque está se sentindo acolhido pela sua família. Não é ótimo quando nossos pais aprovam nossa escolha para marido e todo mundo se gosta? Meus pais adoram o F. e o F. adora eles. Não podia ser melhor. Força pro K. e a dor da perda não é algo que passa de um dia para outro, infelizmente. Minha mãe perdeu o pai dela nos anos 60 e até hoje chora de saudade dele nas datas especiais. Somos afortunadas por ainda termos os nossos. Beijo

    ReplyDelete
  3. Aline

    Que post mais lindo, fiquei emocionada em ler. Nossa linda as palavras de ambos, e que momento especial, que legal que os dois tentaram demonstrar um ao outro este gesto de carinho tão importante e especial.

    Lindo, lindo, lindo.

    Beijos

    ReplyDelete
  4. Tudo jóia Aline? Meu nome é Fernanda e eu estou aplicando para o Visto K1. Costumo ler seu blog. Vi seu Blog, a primeira vez, no Blog das outras meninas quando eu comecei a acompanhar essas questões do visto. Como eu fiz um Blog para mim agora, eu vou te seguir. Tudo bem por você?
    Ah, e só de pensar em perder meus pais já me dá um aperto no peito... Força para que o seu namorido supere todos os dias essa dor.

    Beijo

    ReplyDelete
  5. Na verdade, não consigo te seguir Aline. Não sei se é configuração ou o quê rs Beijo

    ReplyDelete
  6. Agora, eu consegui. Acho que o problema era aqui ;) Beijo

    ReplyDelete
  7. Aline, concordo com a Eliane foi triste e emocionante de ler esse post. Mas pelo menos ele tá seguindo, e aos pouquinhos tá superando essa perda, que essa dor nunca sara é verdade, mas pelo menos ameniza. Engraçado como coisas são tão especiais pra gente e nem nos tocamos disso. Mas foi lindo ler sobre ele falando com seu pai com tanto carinho e em português ainda, que atitude fofa a dele!!
    Beijinhos

    ReplyDelete
  8. Chorei! Aline, to com os olhos cheios de lagrima. Lindo mesmo. Verdade como a gente sempre leva tudo for granted neh. A gente nunca pensa que um dia podemos nao ter mais aqueles momentos e aquelas pessoas que amamos. Ontem nao pude ligar pro meu pai porque ele ta viajando com minha mae, e onde estao nao tem skype, e nao tenho como ligar por telefone. Entao fiquei um pouco tristinha. Mas quando eles voltarem pra cidade deles eu falo com eles.
    Eh verdade ne, quando a gente casa, a gente nao casa apenas com a esposa, mas tb com a familia dela. Eu amo a familia do meu marido.

    ReplyDelete
  9. Aline,
    Que gest mais lindo o do seu NAMORIDO lindinha! E de se emocionar mesmo! Que bom que ele pode compartilhar isso com o seus pais... Eu não tenho mais pai sabe, e sei bem pelo que ele esta passando. O melhor de tudo e que ele tem boas memórias e lembranças do pai dele que concerteza irá durar por muitos e muitos anos e repassará por muitas e muitas gerações!

    ReplyDelete
  10. CALI, flor, mto obrigada, acho que vc está certa, somos nós que damos a conotação que queremos para cada data, e ele percebeu que esta data era mais importante do que ele imaginava! Olha, o português dele é bem capenga viu hahaha qndo com tempo, ele estuda um pouco no Roseta Stone, e eu sempre tento fazer com que ele tente pensar em frases em português usando as palavras que ele conhece... Um dia eu acho que a comunicação dele melhora rsrs tenho esperanças! Beijos

    ELI, realmente é muito bom quando as nossas famílias aceitam os nossos namoridos e quando eles tbm aceitam a nossa família, acho que isso faz toda a diferença em um relacionamento, para mim família é tudo, e eu jamais conseguiria me envolver com uma pessoa que tentasse não enteder este meu lado. Definitavamente somos afortunadas de termos os nossos pais, tenho certeza que deve ser ainda muito difícil para sua mãe mesmo depois de todos estes anos! Beijos

    VAN, obrigada flor, foi realmente um momento super especial para mim, ainda mais que os dois, mesmo super enrolados, foram capaz de se comunicar sem a minha interferência! Beijos

    FERNANDA, bem vinda ao blog! Pode seguir sim, será um prazer vê-la por aqui, depois vou dar uma passadinha no seu cantinho!Eu também desespero só de pensar em não perder um dos meus pais, como a Eli comentou, somos muito afortunadas por ainda possuir nossos pais! Beijos

    ReplyDelete
  11. MONIQUE, vc falou tudo flor, existem tantas coisas que só percebemos o quanto elas são especiais quando elas não fazem parte da nossa vida né? Para ele foi o dia doas pais, e como vc falou, esta é uma dor que nunca sara, mas acho que ele está aprendendo a conviver com ela! Olha para mim foi mto emocionante ver os dois se comunicando, foi de fato uma supresa para mim, que fez muito bem ao meu coração, sem sombra de dúvidas! Beijos

    NANI, vc disse tudo! Definitivamente são situações assim que me fazez valorizar áqueles que amo ainda mais, pq a gente nunca sabe o dia de amanhã! Novamente concordo com vc, qndo a gente casa, casa com a família um do outro né? Eu sempre vejo no seu blog quanto carinho vc têm pela família do seu marido, e qnto carinho a família dele tem por vc, sem sombra de dúvida isso é priceless! Espero que vc consiga falar com o seu pai em breve! Beijos

    JO, flor, sinto muito pelo seu pai, tenho certeza que é sempre sofrido quando as datas especiais se aproximam! Verdade, as lembranças são muito importantes, e é algo que faço questão, manter sempre viva a presença do meu sogro na minha família! Beijos

    ReplyDelete