Monday, January 16, 2012

O jantar de ensaio

Como havia comentado no post do shower, eu não havia dormido nada da noite do dia 8 para o dia 9, e acabei passando o dia 9 todinho na rua, resolvendo pepinos!

Eu cheguei do bar (as 7am), me troquei e fui direto para Cumbica com meu pai. Após muita enrolação, mais de 3 horas no setor de documentos de pets (polícia federal em greve, e muita gente querendo viajar com animais), consegui sair com meus documentos em mãos, mas aí o trânsito já estava parado.

Saímos do aeroporto, e tivemos que ir até o centro de SP para buscar alguns detalhes da farda do meu pai, e lógico, mais trânsito parado para animar o dia. Para resumir, saí de casa as 7 am, e só consegui chegar na casa da minha irmã para me trocar, e ir para o jantar de ensaio às 19:15.

Apesar de eu ter enfrentado um trânsito completamente parado, a van que levava os convidados para o jantar, não enfrentou, e eles chegaram no restaurante uma hora antes do combinado, detalhe que o restaurante ainda estava fechado :(

Liga para o dono (ainda bem que era conhecido) e corre para que os convidados se acomodem no restaurante, afinal, verão no Brasil é sinônimo de tempestade, e para nossa felicidade rolaram algumas!

Enfim, após muita, mas muita correria, stress e nada de dormir rsrs cheguei ao restaurante o Sushi do Baiano, na Vila Madalena, um restaurante super charmoso, com sushi de qualidade, que eu e o marido adoramos!

From Arquivo Pessoal
Ao chegarmos no restaurante, os convidados já estavam todos acomodados e jantando. Marido nem foi dizer oi para todos, rsrs ele sentou e foi jantar!!! Eu estava tão eletrica, que não conseguia parar sentada. Roubava um sushi ou outro do prato da família, mas sentar que é bom, nada.  Também estava super procupada se todos estavam se alimentando, e recebendo aquilo que queriam, e não dava mesmo para ficar parada!

Meu pai não estava se sentindo muito bem, e por isso, constantemente eu ia verificar como ele estava. Por voltas das 22 hs fui conversar com meu pai para avisar que eu queria dar  ínicio a entrega dos presentes para os padrinhos, neste momento percebi que meu pai estava branco feito papel e transpirando frio. Chamei o marido, e junto com alguns dos outros convidados eles foram verificar o que estava rolando com o meu pai.

Por conta do histórico cardíaco, e da pressão que meu pai estava sentindo no peito, todos ficaram preocupados, e pediram para ele mascar uma apirina. Infelizmente, o problema dele já estava muito avançado, e ele começou a vomitar e desmaiou. Junto com os convidados, levamos ele para fora do restaurante, ele recobrou a consciência mas estava letárgico. Mais uma tentiva de aspirina, e todos os médicos disseram que deveríamos correr para um hospital

(Comentar sobre o que aconteceu do momento que o meu pai passou mal, até chegarmos ao hospital, merece um post à parte, pq tenho um monte de coisa para falar rsrsrs Então vou pular esta parte, por agora ;).

O jantar de ensaio teve que ser interrompido, felizmente, todos os convidados já haviam se alimentado, mas o problema é que acabei indo para o hospital sem entregar os presentes, e sem explicar o que os padrinhos americanos precisariam fazer no dia do casamento, afnal, alguns costumes são diferentes. A minha Matron of Honor entregou os presentes no meu lugar, e se encarregou de organizar todos para voltarem para o hotel. Sobre o que cada um deveria fazer no dia do casamento, sobrou o improviso rsrs.

Para a noite do jantar de ensaio, eu e o marido havíamos decidido que dormiríamos separados, mas por conta do que aconteceu, passamos a noite juntinhos. Tenho um bloqueio, quando algo acontece, ligo o automático e tomo as providências do que precisa ser feito. No entanto, ao chegar em casa, quando consegui colocar minha mãe para dormir, eu desmoronei, e ter o marido comigo naquele momento foi essencial!



Bom, após o susto, os médicos nos informaram que desta vez "bateu na trave", não foi um ataque cardíaco. O socorro imediato impediu a evolução para algo pior, e com algumas medicações, e repouso total até a hora do casamento, o médico autorizou meu pai me levar ao altar! (Ok, eu admito que meu pai ameaçou fugir do hospital, por isso o médico ficou sem escolha)

Acho que posso dizer que a véspera do casamento foi bastante intensa e inesperada, mas felizmente, nada mais sério aconteceu, e o casamento continuou no shcedule rsrs e apesar da noiva não ter dormido nos dias que antecederam o casamento, eu aproveitei mto meu grande dia!

11 comments:

  1. Nossa, que susto! Ainda bem que no final deu tudo certo e a saúde do seu pai melhorou.
    Beijinhos e boa semana!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Helen, realmente foi um baita susto, mas no fim, o dia foi perfeito!!! Bjuss e obrigada!

      Delete
  2. Menina que sufoco!
    Imagino o tamanho do susto que você passou com esta emergência com o seu pai, mas graças a Deus não foi nada grave e agora ele está bem.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Paulistana, realmente, foi um tremenda susto. Milhões de coisas passou pela minha cabeça, mas como vc comentou, Graças a Deus passamos por mais esta sem grandes problemas!! Bjusss

      Delete
  3. Caraca, que perrengue!
    Acho que eu com uma dessas ficaria me sentindo culpada de estar casando... xD

    =***

    ReplyDelete
  4. Aline do céu!! Que perrengue, imagino como você estava. Graças ao nosso bom Deus, seu pai ficou bem!!!! E que o seu dia foi lindo, conforme você planejou com tanto carinho!!! Tô curiosa para saber do resto da história...=)
    Beijo querida!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Tacia, a coisa toda foi relamente complicada e assustadora, mas no fim, tudo deu certo!!! Logo publico todo o resto ;) Bjusss

      Delete
  5. Menina que susto! Imagino sua aflicao nesse momento, mas fico feliz que no final deu tudo certo e voce conseguiu aproveitar seu grande dia.
    Beijinhos

    ReplyDelete
  6. Monique, foi um grande susto mesmo, totalmente inesperado, e mta coisa passou pela minha cabeça, mas graças a Deus no final tudo deu certo ;) Bjuss

    ReplyDelete
  7. Aline,
    façam um cruzeiro SIM! Tem uns cruzeiros maravilhosos saindo dos EUA que vão para o Caribe e a Costa Maya no México. Vários casais que conhecemos na nossa viagem são fãs de cruzeiros, e eles elogiaram muito a Royal Caribbean e Norwegian alguma coisa (não lembro do nome direito, mas são duas empresas de cruzeiro que saem aqui dos EUA). Eles até falaram que existem vários návios que tem áreas "for adults only," justamente para manter um clima mais adulto para os casais comemorando lua de mel/bodas. Nós gostamos muito da proposta de cruzeiro: vc vê vários lugares diferentes, por um preço fixo, e não perde tempo (já que normalmente a "viagem" de um lugar ao outro acontece a noite, quando estamos dormindo). Gostamos tanto que já estamos planejando o próximo cruzeiro :) (quero fazer um q sai de New Orleans e vai para a Costa Maya). E em geral, não é muito caro não. Na verdade, a maioria é bem em conta, pois já inclui alimentação e etc. Enfim, recomendo bastante! Beijinhos!

    ReplyDelete
  8. Nossa Aline que susto! Ainda bem que deu tudo certo no final... A propósito o seu casamento estava divino! Adirei as fotos no facebook. Você e o seu agora marido estavam lindos! Adorei as danas de roxo ( ou lilás?). Você estaca estonteante e muito sorridente nas fotos! De certo estava muito feliz com o desfecho desta situação! Parabéns ao recém casal!!!!

    ReplyDelete