Monday, May 2, 2011

Egoísta

É sempre muito difícil dizer adeus àqueles que amamos, é muito dificil ver aquele que amamos sofrendo!

Não há nada nesta vida que nos prepara para perder alguém, e sim sou egoísta, não queria nunca ter que perder quem eu amo! No entanto, a vida não pára para nossas vontades, mto menos para nossos desejos. Milhares de coisas estão fora do nosso controle, e a morte é uma delas.
 
Hoje completam 3 meses que meu sogro faleceu. Exatamente na manhã da primeira Segunda-Feira de Fevereiro, recebemos uma ligação do Japão que mudou nossas vidas para sempre. Demorou até a ficha cair, quando o namorido me ligou (ele estava no trabalho e eu saindo para o meu) fiquei em choque, ele estava em choque. Segurei minhas lágrimas, enquanto esperava por ele chegar de volta em casa, liguei para os meus pais no Brasil, e desaguei, precisava ouvir o meu pai e a minha mãe, precisava da força deles para ser forte o suficiente para o namorido. Da noite para o dia, o pai dele se foi!
 
Ele vivia entre o Japão e os EUA, para poder cuidar dos pais que são idosos. E foi no Japão que a vida sem aviso prévio, arrancou diversos planos de nós.
 
Ainda me lembro quando o conheci pela primeira vez, anos atrás. Eu estava insegura, afinal era uma família japonesa e sei o quanto os orientais são tradicionais. Para minha surpresa, fui recebida de braços e coração aberto!! Ainda consigo escutar ele falando para o namorido "Finalmente vc arrumou uma namorada de verdade!" Nossa empatia foi imediata; nos divertíamos juntos, fazíamos piadas do namorido, e conversávamos muito!
 
Quando o namorido avisou que abriria mão da cidadania japonesa para nos casarmos e meu visto deixar de ser vinculado ao trabalho, fiquei novamente com medo da reação da família, e a surpresa novamente, recebemos todo o suporte e o pai dela ainda disse que ele deveria fazer o que fosse necessário para que eu continuasse com ele rsrs Quando o namorido avisou que casaríamos no civil e só depois faríamos a cerimônia, q seria no Brasil, o pai dele vibrou com a gente! Contou que ele havia feito o mesmo com a minha sogra rsrs Ele estava super empolgado, já havia feito milhares de planos, estava sempre se mantendo informado sobre o casamento e sobre o Brasil... e então toda a empolgação e os planos foram tirados de nós.
 
É impossível falar do casamento e não pensar no meu sogro. De todos que conheço, após meu sobrinho rsrs, ele era o mais excitado com o evento. Dói, a saudade é imensa, ele foi como um pai por todos estes anos, por isso dói muito saber que ele não irá ver nenhum dos filhos dele casar, muito menos os netos que ele tanto sonhou... Se tenho esta dor agoniante em meu peito, não consigo imaginar a dor do namorido, e ainda a frustração de não saber exatamente o que nos privou de um futuro, já que por conta do terremoto, ainda não conseguimos o laudo da autópsia. 
 
Ficam milhões de perguntas sem respostas, milhões de memórias por vir que sempre faltará um pedaço. Espero que onde quer que ele esteja, que ele saiba que é muito amado, que ele nunca será esquecido, e que serei eternamente grata pela forma q ele sempre me tratou e me aceitou na família!!
 
Saudades para sempre!

8 comments:

  1. Aline,

    Meus sentimentos! Eu sei bem o que e a dor de perder aluém tão querido (meu pai, em 2005). O que me conforta e independente da sua religião o que possivelmente possa te confortar agora (e ao seu marido), e saber que ele esta em um lugar muito melhor...

    ReplyDelete
  2. Que post lindo, Aline! Até hoje não encontrei uma única pessoa que saiba lidar bem com a perda provocada pela morte. E acho que o que vocês estão passando é um processo de luto, que leva tempo, mas é necessário para qualquer um continuar com a própria vida. É muito bom que você tenha estado ao lado do K. e viajado com ele porque ele com certeza precisou e ainda precisa desse seu apoio. Eu também gosto muito do meu sogro, que também vive longe da gente e é velhinho. É a única família do marido, então nem sei como ele vai reagir quando o pai se for. Mas sei que estarei lá para segurar a mão dele. Um beijo e fica bem!

    ReplyDelete
  3. Nossa Aline, que doh. Senti a dor atraves do seu post. Ele faleceu por causa do terremoto?
    Eh triste mesmo. E eh uma das coisas que mais tenho medo de acontecer com minha familia enquanto to longe. Fico sempre preocupada.

    ReplyDelete
  4. È infelizmente nada na vida nos prepara para encarar a morte e a dor da perda. Imagino como vocês se sentem. Espero que um dia a saudade se torne mais suportável e assim a falta do seu sogro possa doer menos nos seus coraçãozinhos.
    Beijinhos!

    ReplyDelete
  5. Joana, Meus sentimentos para vc tbm! Concordo com vc, preciso focar q ele esta em lugar melhor agora!! Mto obrigada pelo carinho!

    Eli, muito obrigada pelas suas palavras! Como vc disse, na verdade nao ha mto q se possa fazer, o importante e' estar juntos e saber que podemos sempre contar um com o outro!

    Nani, meu sogro faleceu um pouco antes do terremoto, e ainda nao sabemos o q levou ele a morte. Ainda nao conseguimos ter acesso ao laudo da autopsia, q atrasou por conta do terremoto. E' hiper frustrante, e como meu sogro era saudavel (ate onde nos sabiamos) fica esta pulga atras da orelha do q causou a morte tao repentina.

    Monique, mto obrigada pelo carinho!! Estou contando com o tempo para nos ajudar a transformar a dor em uma saudade menos dolorida! Obrigada!

    ReplyDelete
  6. Aline, quantos anos ele tinha? Conheco pessoas que estavam super saudaveis e bem, mas faleceram por causa de um aneurisma coisas que vem assim do nada, ou dormindo por causa da idade mesmo. Eh triste eu imagino. Eu perdi um tio quando era nova. Ele tinha apenas 33 anos de idade, estava super saudavel, mas morreu do coracao, acredita? Deixou um menino de 8 anos e uma menina de 11. Acho que quando os filhos jah sao mais velhos e a pessoa que morreu jah era de idade eh um pouco mais facil de aceitar, imagina assim com 33 anos deixando filhos pequenos? Ele nao viu os filhos crescerem! Independente da idade, a morte eh sempre dificil de a gente aceitar neh.

    Vim responder o comentario no post das mulheres de Bryan:

    ALINE - sorte sua que seu fiance nao fica falando essas coisas pra voce. Chega uma hora que enche o saco, e da vontade de dizer: "meu filho vai atras dela, me larga", haha Mas entao, Katie Holmes tb acho sem sal mesmo, mas ela tem algo que a Jessica Alba nao tem, carisma. Ela eh "uma gracinha", cute. Jah Jessica Alba, tem o corpo e tal mas nao tem carisma nenhum, acho o sorriso dela muito forcado, falso.

    ReplyDelete
  7. Oi Nani, pois é, o q mais acreditamos ser é um aneurisma, mas nossa grande dúvida é sobre o que causou o levou ao aneurisma. Ele era super novo, 53 anos! Concordo com vc, acho q pensar em criancas crescendo sem o pai é muito mais disconcertante. O q vc falou da idade é super verdadeiro, qndo recebemos a ligação achamos q era sobre um dos avós deles, pois ambos estão com 87 anos e o avô principalmente está bastante debilitado. Foi um choque saber q na verdade era sobre o pai dele, e ainda me sinto péssima pelo avós dele, q já estão bastante idosos e enterraram os dois filhos, e esta é uma dor que eu não consigo nem imaginar... mas esta é a vida e seus mistérios...

    ReplyDelete
  8. Ai Aline, novo mesmo. Meu Deus. A madrasta do meu marido perdeu o primeiro marido dela quando ele tinha tb 53! No caso dele era um defeito no coracao que descobriram quando ele jah tinha falecido. Eh triste porque a pessoa ainda tem anos pela frente... imagina os avohs de 80 e poucos anos... eh, dizem que nao tem dor maior do que perder um filho neh, seguindo a lei da natureza, os mais velhos eh quem vao primeiro mas infelizmente nem sempre eh assim.

    ReplyDelete