Saturday, July 23, 2011

Curiosidades...

Eu tenho alguns gostos um tanto quanto peculiares, e um deles é minha fascinação pela mente humana, especialmente a mente criminosa. Assisto diversos programas relacionados, e programas de crimes em geral; leio outros tantos livros relacionados ao assunto, e neste momento estou lendo "The Sociopath next door" da Ph.D Martha Stout.
 
Um livro bastante interessante, que aborda a psicopatia de uma forma bastante clara para todos os tipos de leitores.
 
O que eu quero falar aqui é de uma parte que achei bastante interessante neste livro, é um trecho que fala sobre as "causas" da psicopatia. Já li sobre isto em vários lugares, mas achei a forma explicada no livro a mais clara e tbm com mais embasamento em evidências.
 
O trecho que quero relatar, cita a herança genética na psicopatia. Um estudo realizado em 1995 que investigou um grande número de gêmeos do sexo masculino, fez com que estes realizassem diferentes testes, como de inteligência e até mesmo um teste de psicopatia (uma escala desenvolvida para ajudar profisisonais a identificar psicopatas). O estudo demonstrou que os gêmeos idênticos tiveram praticamente a mesma pontuação nos testes aplicados, inclusive na escala de psicopatia . A partir deste estudo, eles passaram a afirmar que 35 a 50% de nossa personalidade é inata, ou seja, nascemos com ela.
 
Um outro projeto, o "Texas Adoption Project" vem sendo conduzido por mais de 30 anos, e ele compara características da personalidade: inteligência e resultados na escala da psicopatia etc., de um indivíduo que foi adotado com o de seus pais adotivos e biológicos. O projeto tem demonstrado que os indivíduos adotados, na vida adulta, têm resultados que se assemelham mais ao de sua desconhecida mãe biológica do que dos pais adotivos que o criaram. Achei este um dado super interessante, mas vale ressaltar que a pessoa com prediposição biológica a psicopatia, necessariamente não se tornará um psicopata, há ainda outros diversos fatores que influenciam o desenvolvimento da psicopatia. Alguns fatores ainda são um mistério, mas um fator abordado no livro que achei bastante interessante é a influência cultural.
 
O livro sugere que a as características culturais de um país, influencia à sociopatia mais do que fatores realcionados a infância pessoal do indivíduo.
 
De acordo com o livro, algumas culturas tem menos sociopatas do que outras. Eles afirmam que a sociopatia é relativamente rara em certos países do leste asiático, onde estudos demonstraram uma prevalência de 0.03 a 0.14% de distúrbios de personalidade antisocial, contra 4% nos países ocidentais.
 
Eles acreditam que a sociedade atual permite, reinforça e em algumas situações, valoriza características listadas no checklits da psicopatia (outra ferramenta utilizada por profissionais para identificar possíveis sociopatas); carcterísticas estas como a impulsividade, irresponsabilidade e falta de remorso. Estudiosos acreditam que a cultura Norte Americana, que possui o individualismo como um valor central, tende a encorajar o desenvolvimento do comportamento antisocial.
 
A autora sugere que que as carterísticas do que uma cultura acredita, serve de encorajamento para indivíduos com predisposição a sociopatia, para desenvolver e compensar cognitivamente o que falta neles emocionalmente: principalmente a consciência.
 
No livro é explicado que um indivíduo que n consegue, ou neurobiologicamente n pode, se conectar emocionalmente com outras pessoas, acaba sendo influenciado pela cultura que insiste nesta conexão emocional com seu país e povo.  Eles explicam que esta cultura, tende a levar este indivíduo a um entendimento estritamente cognitivo de obrigação pessoal, ou seja, a cultura que n supervaloriza o individualismo, possivelmente leva à pessoa sem consciência individual a desenvolver a consciência coletiva.
 
Viu pq tem tanto maluco no USA? rsrs
 
Achei estes dados bastante relevantes, e que acabaram fundamentando algumas teorias que eu tinha ;)
 
Para quem gosta, super recomendo o livro, n sei se ele existe no Brasil, mas acredito que sim. A linguagem n é técnica, por isso torna o uma leitura bastante prazerosa!
 
 
From Google Images
 
 

5 comments:

  1. Hum gostei da indicação, admito que não sou super fã do assunto, mas acho bem interessante, principalmente se ajuda a perceber se tem algum psicopata ou sociopata perto da gente...rs.
    Beijinhos

    ReplyDelete
  2. Aline, esse eh um assunto que me interessa porque aprendi mais sobre ele nas aulas de psicologia na faculdade aqui. E como eu tenho planos de adotar uma crianca no futuro, isso me chamou a atencao. Nao eh apenas a hereditariedade que faz com que criancas tenham uma tendencia a ser psicopata. Alem disso tem outros fatores como por exemplo o alcool. Tem uma doenca chamada "Fetal Alcohol Syndrome" que eh causada pelo efeito do Alcool num feto quando a mae bebe durante a gravidez. Os efeitos sao vastos, e eles podem acontecer mesmo que a mae NAO seja uma alcolatra. Mesmo que a pessoa tome uns drinks no primeiro mes de gravidez, numa noite apenas na balada sem nem saber que ta gravida, isso jah traz riscos pra crianca. E a maioria dos danos sao causados ao cerebro do feto. O que acontece eh que se for causado na parte frontal, que eh a parte responsavel pela consciencia, pre-julgamento, sabedoria do que eh certo ou errado, acaba que a crianca nasce sem ter esses tracos. Muitos dos psicopatas Americanos que estao na cadeia tem danos no cerebro causado por alcool ter sido ingerido pelas maes deles quando estavam gravidas.

    Achei super interessante. Em Tucson tem um psicopata que matou um casal de velhinhos e recebeu sentenca de morte. A mae dele (adotiva) foi a fundo e descobriu que a mae biologica dele bebia durante a gravidez. Com essa informacao a mae adotiva exigiu fazerem um MRI pra ver o cerebro dele. E na certa, a parte frontal do cerebro dele praticamente nao existia!!!! Com isso ela conseguiu mudar a sentenca dele de "morte" para vida na prisao, sinceramente nao sei o que eh pior. Mas esse caso me fez ficar um pouco preocupada em adotar criancas. Eh algo que ainda vou pesquisar muito antes de fazer.

    ReplyDelete
  3. Li!!!

    Adorei o post!
    Eu que sou uma moça tendando entender a mente humana(neurobiologicamente, rs)gosto muito desse assunto, e vou procurar esse livro!
    A mente dos psicomatas é tão interessante e difícil quanto dos meus esquizos...
    bjinhos

    ReplyDelete
  4. Aline, achei super interessante, amo os seus posts tu sempre posta assuntos diferentes e interessantes. Sou fã de carteirinha do seu blog hehe. Beijos

    ReplyDelete
  5. MONIQUE, eu sou meio viciada nestas coisas rsrs. Assisto milhões de programas a respeito de crimes, e sou fascinada pela mente humana. Achei este livro super bacana, e ele fala sim de alguns sinais que deixamos passar nas outras pessoas. Vale a leitura!!
    Bjusss

    NANI, super interessante sua explicação sobre o efeito do álcool. Eu tenho vontade de adotar uma criança tbm, e achei super vc comentar sobre isso, mais uma coisa que precisamos ficar em alerta!! Bjuss

    IDINHA, vc conhece bem minhas loucuras rsrs 4 anos de faculdade e milhões de teorias que discutimos juntas rsrsrs Com certeza, a esquizofrenia deve ter uma perspectiva neurobiologica super fascinante, uam pena que não temos mais os intervalos para discutir nossa super teorias com o Pinguinha rs. Bjuss

    VAN, mto obrigada flor!! Tbm adoro e sou fã do seu blog!! Vc é sempre uma fofa!!
    Bjuss

    ReplyDelete