Monday, July 23, 2012

Tiroteio no Colorado e a posse de Armas no EUA

Já falei deste assunto aqui, e à luz dos acontecimentos recentes, vou ser repititiva e falar dele novamente.

Imagino que todos estejam a par do que aconteceu na ultima sexta feira 20.07.12 no Colorado. Um rapaz, de 24 anos, invadiu um cinema com armas compradas legalmente, munições compradas legalmente, vestimenta militar comprada legalmente, e atirou em diversas pessoas. 12 pessoas morreram, e outras 58 ficaram feridas, sendo que destas muitas ainda estão em estado crítico.

O suspeito tinha consigo 4 armas. 3 foram usadas no massacre, e a outra estava no carro dos suspeito. As 3 armas eram:

AR 15
Image From http://www.tcdarmament.com/AP-9_Reciever_supply.html
2 Glocks .40
Image From http://www.lenaburgs.net/james/Guns/glock.htm
Junto com estas armas, do conforto da casa dele, o suspeito comprou 6.000 balas. Todas as transações consideradas comuns e legais, no âmbito estadual e federal.

Me desculpa, mas quem por aí consegue achar normal uma pessoa comprar estas armas e todas estas munições?? As pessoas podem usar o argumento que quiserem, mas não existe nenhuma lógica que apoie a conivência do sistema deste país para que massacres como o ocorrido na última sexta continuem acontecendo.

Li este artigo, que achei muito bacana e acho que expressa muito bem a realidade que a grande maioria continua negando.

O título do artigo já diz: "Guns Deaths: A Familiar American Experience" ou na versão tupiniquim produzida por mim :) Morte por armas: Uma familiar experiência americana.

O artigo fala exatamente sobre a quantidade de vezes que os norte americanos sofreram uma situação parecida com esta.

As pessoas que são pró-armas costumam citar alguns números, mas vamos aos que realmente importam:

- Os EUA ainda é o país em que se mata com armas de fogo em números assombrosos quando comparado com o resto da humanidade;
- O número de homicídios por arma de fogo no EUA é de 19.5% , quase 20 vezes mais alto que as 22 outras nações mais ricas do planeta combinadas;
- Entre os 23 países mais ricos, 80% de todas as mortes por arma de fogo são de americanos, e 87% de jovens mortos por arma de fogo são jovens norte-americanos (Todo mundo entende que em norte americano estou me referindo aos estados-unidense né?)

Estes são alguns números citados no artigo, mas para mim o número mais assustador é o de que 49% da população norte americana acredita ser mais importante proteger o direito de se carregar armas do que o de criar-se regras de controle de armamento.

Eu sei que quando uma pessoa está determinada a fazer o mal, ela o fará e conseguirá um jeito de arrumar armas. No entanto os números aqui são exorbitantes por conta da quantidade imensa de homicídios de oportunidade, como o do Travyon Martin.

Como comentei no outro post que falava de armas, ter uma arma de fogo dá ao portador a sensação de poder, e é mais do que senso comum de que a sensação de poder pode levar a atos horrendos.

O ator Jason Alexander (Seinfeld) também escreveu este texto ótimo em resposta à aqueles que o criticaram por ele ter dito não entender o pq a sociedade ainda apoiava a posse de arma. Vale a leitura!

O mais triste de tudo isso é que em alguns meses este tiroteio vai ser esquecido; os debates sobre as armas vão ser deixado de lado, até que um novo caso ocorra. Desta forma, continuaremos neste ciclo sem fim que a sociedade norte americana, em sua maioria, têm apoiado.

14 comments:

  1. Aline, estou contigo e não abro mão! Infelizmente se nada mudar, este não será o último massacre.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Eliana, e não tenho muita esperança não, estava lendo que desde o massacre, a procura de armas em Colorado subiu em 40% :( Bjuss

      Delete
  2. Concordo 100% com vc. Não deveria ser "normal," né? Isso é uma das coisas que mais me entristece nos EUA. Não tenho medo de sair andando na rua a noite sozinha (medo que tenho no Rio), mas tenho medo dessas loucuras aleatórias, aparentemente sem motivo (e na minha opinião de leiga: causada por psicopata...)
    Particularmente, sou a favor do controle de armas de fogo, mas entendo que, nessa cultura, isso é um pouco difícil. Acho um absurdo como os dados americanos comparam aos dados europeus e canadenses. Na Australia, Inglaterra e Irlanda, morte por arma de fogo em um ano nem passou de 40. Na Alemanha e no Canada, não passa de 200. E de repente, nos EUA, esse número é praticamente 10 mil por ano (não vou nem mencionar o Brasil né, que é quase o triplo...) Coisa de louco! Como é que a população não se manifesta contra isso? Fico emputecida toda vez que ouço o lobby da NRA com seu papo de "Guns don't kill people, people kill people" (Da vontade de responde, "Yes, but it's people with guns who kill people!")
    Porém, uma notícia boa é que, apesar do triste massacre recente, a cultura de armas de fogo tem diminuido aqui nos EUA. Um dos blogs que acompanho argumenta justamente isso: "we are in fact currently experiencing a waning culture of guns and violence in the United States" (artigo completo aqui: http://themonkeycage.org/blog/2012/07/21/the-declining-culture-of-guns-and-violence-in-the-united-states/) Quem sabe em MUITAS décadas esse trend não mude para a melhor?
    Beijinhos!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Helen, loucura né? Eu não consigo entender!! Eu recentemente li que a venda de armas aumentou em 40%, no Colorado, nos três dias que seguiram o tiroteio!! É bom ler que a cultura está melhorando, mas infelizmente em passos lentos. Vi uma reportagem do Pierce Morgan que ele falava que as pessoas falam da segunda emenda como se fosse a escritura sagrada que não pode ser alterada. Ele chega cita mudanças que foram feitas sobre escravidão e voto feminino, e pq sobre armas é algo tão complicado em se alterar? Achei os comentários dele super pertinentes!! Espero que as pessoas consigam abrir os olhos em um futuro próximo!! Bjuss

      Delete
  3. Eu acho uma estupidez a posse de armas!! E não é de hoje que as tragédias por causa disso vem acontecendo. Realmente quem compra 6.000 balas não está a fim de brincar. O pior é mudar a idéia dos norte americanos de que ter arma é ter segurança. Triste.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Sandra, infelizmente, uma grande porcentagem da população acha que precisa se proteger e que comprar armas é essencial... Para que polícia então? Não sei se esta consciência norte americana um dia muda... Bjuss

      Delete
  4. Aline, na hora que ouvir sobre a reportagem eu pensei sobre a "liberdade" de ter armas aqui. Eu repito, nao gosto de armas, e só me preocupo com meu marido que você sabe que tem a opinião diferente da minha. Ai,ai...complicadíssimo.
    Um beijo, parabéns pelo post.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Tacinha, eu acho que enquanto não se ouver um controle decente para aquisição de armas, situações como esta vão continuar acontecendo!! Não existe nenhuma explicação decente para a forma que as cosias estão neste país, e a população deveria ter vergonha dos números de pessoas morrendo por conta de armas de fogo!! Triste :( Bjuss

      Delete
  5. Esse pais e uma contradicao de pensamento incrivel, eles nao querem abrir mao do direito por ter sua "liberdade" sancionada, mas em contrapartida fazem uma critica miseravel a paises como Brasil, China, e outros por conta da violencia. E aqui, esse massacre foi divulgado na TV e todo mundo ouve a respeito, semana passada um garoto de 14 anos no Brooklin saiu na rua atirando contra as pessoas, matando 2 e ferindo outras, a arma era de alguem da familia que foi comprada legalmente. Sera que e tao ruim perceber que mudanca nesse caso e algo necessario para o bem de todos. Quantas pessoas ainda vao ter que morrer em casos como esses por conta de uma ideia ultrapassada e enganosa? Acho que infelizmente ainda falta muitas decadas ate algo efetivo ser feito.
    Beijinhos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Monique, vc falou tudo!! É uma contradição doida onde vidas estão se perdendo aos montes... Realidade triste que muitos parecem não dar a mínima... Bjuss

      Delete
  6. Concordo com tudinho Li!!!
    Quando vi tudo isso lembrei do seu outro post! Não me conformo com a facilidade que se obtém uma arma, e fiquei chocada com o fato de ter comprado munição pela internet, em tão alta quantidade, e isso ser legal, e não levantar nenhuma suspeita...Estou horrorizada!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Idinha, coisas que a gente só vê por aqui, é muita gente acha normal... Coisa maluca sem nenhuma explicação lógica :( Bjuss

      Delete
  7. Eh a tal Mafia. Jah viu uma filme com o George Clooney ou eh um com o Nickolas Cage? Nao lembro mais... que fala sobre isso? Sobre essa mafia de armas. Isso eh lucrativo para os EUA, tanto vendas aqui dentro quanto vendas lah fora. A maioria das armas nas maos dos terroristas la fora sao armas feitas aqui dentro dos EUA e vendidas pra eles. Ou seja... como a Monique falou, esse pais eh dominado pela contradicao. Infelizmente isso acontece. Eu tb nao sou a favor da liberdade de se ter uma arma. Eh um perigo mesmo. Eu acho assim, deveria pelo menos ter um controle e ums passos a seguir para pessoas que queiram ter um arma, ou pra seguranca, ou por hobbie... ou seja, ser registrado, a arma ser registrada, e tudo estar no sistema. A pessoa deveria passar por um teste psicologico e coisas assim. Acho que pelo menos, se nao erradicasse, diminuiria muito as chances de uma arma cair nas maos de qualquer um.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Nani, conheço sim, é com o Nicolas Cage. É baseado em uma história real, é o Sr. das Armas. O que acho pior de tudo é que nem é uma máfia de se fazer apenas dinheiro, é a população que no geral defende este direito com unhas e dentes, e isto é algo que não consigo entender! Se fosse só o intresse financeiro e político acho que faria mais sentido para mim... Bjuss

      Delete