Wednesday, April 6, 2011

A comida e eu eu e a comida na terra do Tio Sam

Para mim, o maior choque quando vim para o EUA foi a comida. O choque foi tão grande que no primeiro mês perdi mais de 5kg.

Não é que os norte americanos se alimentem de coisas absurdamente diferente da dos brasileiros (este troféu vai para os chineses rs) mas é que a comida por aqui é sem sabor. Se eu disser que esta é uma regra em todo o país eu o faria sem conhecimento de causa, e sei que cada região daqui sofre influência específica, por isso vou me restringir ao norte, que é onde moro. E por estas bandas, eles não são mto familiares com tempero rsrs.

Por aqui, existe molho para tudo (nunca ví tanto molho diferente para salada, em toda a minha vida) carne vermelha, frango, hamburguer, peixe... tudo têm um molho para acompanhar o prato, e é aí que mora o problema: odeio molho pronto! Nunca gostei, ketchup, mostarda e maionese nunca fizeram parte da minha dieta.

Ok, eu admito, sou chata para comer. Eu não bebo café, não como chocolate, não como carne que estiver ligada a osso ou com cor diferente (sabe a carne mais escura do frango?), não como comida que mistura doce e salgado, e assim a lista vai on and on!

Eu gosto de comida fresca com temperos frescos, igual da minha mãe que vai a feira toda semana e prepara os temperos usando ervas frescas ;) Eu até como fast food, esporádicamente, para o dia a dia eu preciso de "sustança" rs e o fast food te empaturra, mas não te sustenta.

Sempre cozinhei, mas por aqui aprimorei minhas técnicas rs. Já que a comida norte americana não me apateceu, aprendi a adaptar o que tenho por aqui :) Admito que meu paladar também se adaptou a muitas coisas. Hoje como com menos sal e nem sequer tenho açúcar em casa, mas uma comidinha bem temperada eu não abro mão.

Nunca convivi com norte americano com dieta super calórica, e isto foi ótimo, porque não precisei me preocupar em mudar dramaticamente a dieta do namorido!!

Algo que sinto muita falta por aqui são frutas com sabor. Por estas bandas elas são lindas, enchem os olhos, mas parece que você está mastigando esponja. Admito que as frutas de clima frio (morango, framboesa, cereja e as berries) são saborosas e mais baratas que no Brasil, mas todo o resto é uma grande decepção. Sinto uma saudade absurda de manga, laranja bem azedinha, abacaxi... só de lembrar estou salivando rs.

Massssss, como ser humanos adaptáveis que somos, me acostumei e aprendi que não é nenhum fim do mundo aprender a comer coisas novas!

2 comments:

  1. Eu poderia ter escrito este post. Tive o mesmo choque. Incrível como eles aqui não usam sal! Meu marido come sem sal nenhum, é super sem gosto! Mas como voce, essa mudança pra mim foi positiva porque hoje como bem menos sal que comia no BR. Ajuda o fato de que eu preparo meu próprio tempero caseiro, que por ter muito alho requer pouco sal. Também não como nenhum molho pronto e quando saímos pra comer tenho de pedir para não jogarem nenhum dressing na minha salada nem na minha carne, senão eles mandam ver. E eu odeio. Hahaha... Também odeio misturar doce com salgado. Enfim, também sou uma super picky eater. rs... Aprendi a cozinhar só para não ter de comer a comida americana e fast food eu absolutamente odeio. A comida brasileira, incluindo as saborosas frutas, são do que sinto mais falta no BR. Beijo

    ReplyDelete
  2. Não é o fim do mundo, mas é ruim pra caramba!!! ehhehehe Comer bem por aqui é difícil mesmo!! Bj

    ReplyDelete