Friday, April 1, 2011

Minhas primeiras impressões

A primeira vez em que vim para o USA foi com um grupo de 6 brasileiras. Ficamos hospedadas na casa de uma enfermeira aposentada que mantinha 3 casas com diversos quartos que eram alugados para estudantes do mundo todo ligados a Cleveland Clinic.

Posso dizer que a minha primeira impressão dos USA não foi das melhores rs. Cleveland é considerada a segunda pior cidade dos USA, logo imaginem o choque do nosso grupo q fazia uma imagem completamente diferente destas bandas dos States rs. Ao chegarmos na casa, a coisa não melhorou muito; a casa era grande, mas as divisões de quarto e a decoração eram toscas, e para ajudar era mto suja e escura. A casa era repleta de estudantes que não interagiam muito entre si e ngm se preocupava com as áreas em comum, e a dona da casa (que não morava por ali) muito menos.

Nossa conversa com os outros estudantes não foi muito animadora. Descobrimos que estávamos em um bairro bastante violento e só deveríamos sair de casa de noite se fosse de carro; para fazer compras havia um mini market próximo, mas só deveríamos ir se estivessemos acompanhadas de alguém do sexo masculino \o/. Pensa no desespero desse bando de brasileiras? rs. Nos sentimos naqueles filmes Hollywoodianos que retratam as gangues americanas.

 No segundo dia iniciamos o nosso treinamento na Cleveland Clinic, e uma nova face de Cleveland se revelou. O contraste é absurdo, o complexo hospitalar é enorme, lindo, imponente, extravagante... tudo que você pode imaginar e ainda mais. A Cleveland Clinic é considerado o quarto melhor hospital no USA, e mtas de suas especialidades são número 1 (por exemplo faz 16 anos que a cardiologia deles é número 1). Enfim, é um hospital de ponta que mantém a cidade inteira funcionando.

A Building Cleveland CLinic.
Foto Arquivo Pessoal.
Para se ter uma idéia da abundância do hospital, em um dos corredores que conecta os dois principas prédios, há mais de 20 televisores de plasma de 32 polegadas exibindo informações sobre o hospital. O único hotel 5 estrelas daqueles lados, têm uma de suas entradas dentro do hospital (para conveniência dos pacientes). As doações para a Cleveland Clinic são tantas que eles são a primeira escola de medicina gratuita no USA (prometo no futuro dar mais detalhes sobre o sistema Universitário por aqui) por conta disso e tanta outras, o contraste entre Cleveland Clinic e Cleveland é chocante.

Apesar dos problemas da cidade, nossa experiência em Cleveland foi muito positiva, mesmo com a dificuldade absurda que tive por ficar longe da família (na primeira semana liguei para os meus pais chorando histericamente) com o tempo eu aprendi a lidar com a distância, mas até hoje preciso falar com meus pais todos os dias.

Na casa em que nos hospedamos fizemos uma faxina geral e procurãvamos fazer jantares coletivos entre os estudantes. Nos levamos uma dinâmica deiferente para a casa, e quando estávamos para ir embora, alguns estudantes falaram que a dona da casa deveria pagar pela nossa hospedagem e não ao contrário :). Fizemos muitos amigos em Cleveland e não tivemos nenhum problema com violência.

Enfim, apesar dos pesares das primeiras impressões, foi a segunda pior cidade dos USA quem ganhou meu coração 4 anos atrás.

No comments:

Post a Comment