Monday, April 11, 2011

Decisões do dia D: A Igreja

Nasci em uma família católica, mas meus pais sempre me deram liberdade para decidir tudo em minha vida, inclusive religião. Por isso, curiosa como sou, já li muito, já visitei as mais diversas religiões e formei minha opinião sobre tudo que aprendi.

O namorido, japonês, cresceu sem nenhuma religião, daqueles que achava religião uma tremenda estupidez.

Alguns anos juntos, e o fato de eu ter estudado muito sobre as mais diversas religiões, foram suficientes para que o namorido aprendesse uma visão completamente diferente, sobre fé e eis que vamos celebrar o nosso casamento na igreja católica! (Digo aqui que tenho fé, e acredito em muitas coisas, mas não frequento igreja ou nenhum templo, ou seja lá o que for. Minha relação com a igreja católica vai muito além da representação da religião dos católicos).

Enfim, decidido que o casamento seria celebrado na igreja católica, hora de definir a data e agendar na igreja. Então os problemas começaram rs...

- Namorido e eu contamos com apenas duas semanas de férias por ano, por isso era necessário que nossas férias combinassem com perfeição;
- Minha família é 3 vezes maior que a dele, e meus pais se recusam a entrar em um avião por 11 horas. Sem meus pais não caso, logo, casamento no Brasil!
- Metade dos padrinhos também sairia dos EUA, logo, férias complicadas...

Com todos as nuances para a escolha da data, decidimos que próximo ano Natal seria o idela, já que seria mais fácil para todos conseguirem férias, pois muitos lugares dão dias extras por conta do período de festas.
Ok, 17/12/2011, perfeito, próximo ao meu aniversário e o fim de semana que antecede o Natal, além de aumentar nossas férias com os dias extras, poderia passar datas tão importantes com minha família.

Data decidida, hora de ligar para a igreja que acho linda e que por coincidência o padre poderia celebrar o casamento em inglês/português, além de ser o tamanho perfeito para o meu casamento de poucos convidados: A Capela da PUC de SP.  Alegre, feliz e sorridente, com um ano e meo de antecedência, ligo para minha Capela querida... Surpresa, outras 6 noivas escolheram o mesmo dia e foram muito mais rápidas do que eu. O pobre coração desta noiva que vos escreve despedaçou... O fim de semana seguinte seria Natal e agora José? Respirei fundo, e de olho no calendário rapidamente questiono sobre o dia 10 " O horário X é o único disponível para este dia", sem pensar, consultar o namorido, ou respirar reservei o dia 10 rs.

Não era o que queria, mas próximo o suficiente, e como queria que queria que o casamento fosse na Capela da PUC, minhas opções ficaram bem limitadas. Ok que iríamos perder os dias extras de Natal, que passaria o primeiro aniversário e Natal sem a família (naquela época ainda não sabia que o meu niver, Natal e Ano Novo de 2010 seriam depressivos sem a família), e que ficaria um pouco mais complicado para os padrinhos, mas casar na igreja desejada vale o sacrifício.

Convencida de que foi a atitude mais correta, crio coragem para cientificar o noivo. Coragem, porque afinal este é o NOSSO casamento e determinei a data sem nenhuma consulta prévia rs...

Eu: Babes, fui obrigada a marcar o casamento para o dia 10 pois a igreja já não tinha horário para o dia 17...
N: Sério, com um ano e meio de antecedência eles já não têm mais a data?
Eu: Pois é, parece que as pessoas andam casando muito em SP... (revirando minha cabeça para montar uma tese de defesa sobre o dia 10...)
N: Cool, ficamos noivos no dia 9, nosso casamento civil será no dia 8 e o religioso no 10!! Nunca vamos esquecer os dias!!

Me diz se não é para casar com esta pessoa?! rs

E assim ficou, o casamento será no dia 10/12/2011, na lindíssima Capela da PUC!

3 comments:

  1. Que legal que ele concordou e no fim deu tudo certo, Aline! É importante nessa data a gente ter a liberdade de fazer as coisas do jeito que queremos, mesmo que sacrificando algumas coisas aqui e ali. Dezembro é meu mês preferido e a Capela da PUC é lindíssima, você fez uma ótima escolha. Um beijo

    ReplyDelete
  2. haha sabia que ia gostar! bjos

    ReplyDelete
  3. que noivo querido e amado! ahhahahahahha

    amanhã vou postar uns convites mara!

    ReplyDelete